Após motociata, Bolsonaro faz pronunciamento avassalador contra STF e CPI: ‘CPI dos 7 pilantras. Não vão ganhar no tapetão, tiraram o vagabundo da cadeia!’

Após concluir a ‘motociata’ que foi de Chapecó a Xanxerê, em Santa Catarina, o presidente agradeceu pela recepção no estado: “Sabia que a missão era difícil, mas ela se torna possível a partir do momento em que vocês estão do lado do bem. Não tem preço uma recepção como essa, desde o dia de ontem. Ir até Xanxerê e voltar e ver o mar de verde e amarelo. É a volta do patriotismo, a volta da esperança, a certeza de que o futuro pertence a todos nós”.

“Há pouco tempo, não tínhamos esperança. As coisas foram mudando. Temos mais do que esperança, a certeza de dias melhores”. O presidente acrescentou: “não adianta provocarem, tentarem nos caluniar; só uma coisa me tira de Brasília: Deus. Não vão ganhar no tapetão ou inventando narrativas”, disse,

“Eu fiz a minha parte – não fechei um botequim sequer, muito menos toque de recolher, porque eu respeito a Constituição”. O presidente prosseguiu: “tentaram, no ano passado, mergulhar o Brasil no caos, com medidas absurdas. Não conseguiram”, afirmou.

Bolsonaro criticou a CPI da pandemia sob relatoria de Renan: “Temos uma CPI de sete pilantras que não querem investigar quem recebeu o dinheiro, só quem mandou o dinheiro. Lamentavelmente, o Supremo decidiu pela CPI e decidiu também que governadores estão desobrigados de comparecer. Não vão levar”.

O presidente também defendeu o voto impresso auditável e afirmou ter esperança de que ele será implementado já na próxima eleição: “Tiraram o vagabundo da cadeia, tornaram-no elegível, e querem agora torná-lo presidente pela fraude. Não conseguirão”.

“Os inteligentes aprendem com o exemplo dos outros. Os idiotas, com seu próprio exemplo. E os hipócritas, a esquerda, não aprendem nunca”. Bolsonaro prosseguiu: “estivemos, há pouco, à beira do abismo, quando foi cassada aquela mula indicada pelo Lula. Tentaram me ass***. Não conseguiram, porque eu tenho Alguém que eles não têm”. O presidente afirmou que o Brasil tem agora “um povo ciente de sua responsabilidade, que sabe que, mais que a própria vida, prezamos pela liberdade”. Bolsonaro apontou ainda que seu governo vem terminando obras e lembrou: “o PT no passado só concluiu obras fora do País. Aquele ladrão maior investiu em Angola, Cuba, Venezuela e Bolívia. Só não investiu aqui”.

 

O artigo Após motociata, Bolsonaro faz pronunciamento avassalador contra STF e CPI: ‘CPI dos 7 pilantras. Não vão ganhar no tapetão, tiraram o vagabundo da cadeia!’ foi publicado originalmente em Folha da República.

O post Após motociata, Bolsonaro faz pronunciamento avassalador contra STF e CPI: ‘CPI dos 7 pilantras. Não vão ganhar no tapetão, tiraram o vagabundo da cadeia!’ apareceu primeiro em República de Curitiba.

Leia esse post na integra no Blog República de Curitiba
Autor:

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.