Secretaria de Saúde deve aplicar segunda dose em 186 mil pessoas em julho

Vacina CoronaVac no HUB. Foto: Vítor Mendonça/Jornal de Brasília

A Secretaria de Saúde do DF estima que, em julho, deve aplicar a segunda dose da vacina contra a covid-19 em 186 mil pessoas. Atualmente, a pasta tem 98.710 doses guardadas para garantir a imunização completa deste grupo. A maioria deve receber a AstraZeneca.

No DF, as doses reservadas para segunda aplicação não serão utilizadas para a primeira dose. A Secretaria ressalta que alguns estados brasileiros não agiram desta forma e enfrentaram falta de imunizantes para vacinar a população que retornou aos postos.

A Secretaria de Saúde alerta para que as pessoas que já receberam a primeira dose de uma das vacinas contra a covid-19 fiquem atentas à data marcada no cartão vacinal e procurem um dos postos de vacinação para completar a imunização. “É essencial que o esquema vacinal esteja completo para que a eficácia da vacina seja conferida. Os indivíduos que não recebem as duas doses não possuem a devida proteção. Isso é válido para todas as vacinas que possuem esquemas de mais de uma dose”, destaca o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

As três vacinas atualmente em uso no Distrito Federal são aplicadas em duas doses. Ainda não disponível no Brasil, apenas a da farmacêutica Janssen, empresa do grupo Johnson & Johnson, prevista para chegar nesta semana, é administrada em dose única. A segunda dose deve ser aplicada no intervalo de até 28 dias no caso da CoronaVac/Butantan e de 12 semanas para AstraZeneca e Pfizer/BioNTech.

O post Secretaria de Saúde deve aplicar segunda dose em 186 mil pessoas em julho apareceu primeiro em Jornal de Brasília.


Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.