Prefeitura de Palmas inicia terceira etapa de imunização contra a gripe; veja público alvo e onde vacinar


Doses são aplicadas nas unidades de saúde de todas as regiões da capital. Em Palmas a meta é vacinar 65 mil pessoas até o fim da campanha. Vacina contra a gripe é aplicada em Palmas
Divulgação/Prefeitura de Palmas
Palmas iniciou, nesta quarta-feira (9), a terceira etapa da campanha de vacinação contra o vírus Influenza. A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informou que 32 mil pessoas já foram vacinadas e a meta é imunizar 65 mil moradores até o fim da ação. O imunizante é aplicado em unidades de saúde de todas as regiões da capital. Veja os locais no fim da reportagem
Nesta etapa podem ser vacinadas: pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.
As pessoas que integram os grupos prioritários das outras duas etapas e ainda não receberam o imunizante também podem ser vacinadas.
Para receber a aplicação é necessário apresentar documento de identificação, cartão de vacina e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Moradores que tenham comorbidades ou deficiência permanente devem apresentar comprovação, como laudo, receita de medicação de uso recorrente ou exames.
Os demais devem comprovar que fazem parte do público alvo apresentando contracheque, crachá do trabalho, declaração ou ofício da empresa, e carteira do conselho de classe.
A Semus afirma que a vacinação contra a influenza “reduz complicações, internações e mortes decorrentes das infecções, além de evitar o colapso do serviço de saúde em tempos de pandemia de Covid-19”. Os imunizantes contra a gripe e coronavírus devem ser aplicados com intervalo mínimo de 14 dias.
Pontos de vacinação contra a gripe em Palmas
CSC Arno 33
CSC Arno 41
CSC Arno 42
CSC Arno 44
CSC Arno 61
CSC Arno 71
CSC Arne 64
CSC Arne 53
CSC Arse 13
CSC Loiane Moreno (Arse 24)
CSC Arse 75
CSC Arse 82
CSC Arse 101
CSC Valéria Martins (Arse 122)
CSC Arse 131
CSC Arso 41
CSC Arso 111
CSC Taquari
CSC José Lúcio (Lago Sul)
CSC Liberdade (Jardim Aureny III)
CSC Laurides Lima (Jardim Aureny III)
CSC Novo Horizonte (Jardim Aureny IV)
CSC Alto Bonito (Jardim Aureny IV)
CSC Eugênio Pinheiro (Jardim Aureny I)
CSC Jardim Aureny II
CSC Santa Bárbara
CSC José Hermes Damaso (Setor Sul)
CSC Bela Vista
CSC Morada do Sol
CSC Santa Fé
CSC Walterly Wagner (Taquaruçu Grande)
CSC Walter Pereira Morato (Taquaruçu)
CSC Mariazinha (Buritirana)
A doença
A Influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A doença pode ser causada pelos vírus influenza A, B e C.
“Os vírus A e B apresentam maior importância clínica. Estima-se que, em média, as cepas A causem 75% das infecções, mas, em algumas temporadas, ocorre o predomínio das cepas B. Os tipos A e B sofrem frequentes mutações e são responsáveis pelas epidemias sazonais que, frequentemente, são associadas ao aumento das taxas de hospitalização e morte por pneumonia especialmente em pacientes que apresentam condições e fatores de risco”, explicou a Semus.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.