Quatro toneladas de pescado são descartadas em aterro sanitário após apreensão na BR-153


Pescado foi considerado impróprio para o consumo porque não tinha selo de inspeção. Responsável foi multado em R$ 4,5 mil. Quatro toneladas de pescado são apreendidas em Talismã
A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) apreendeu quatro toneladas de pescado impróprio para o consumo durante uma abordagem posto fiscal da BR-153 em Talismã, na região sul do estado, neste sábado. A carta tinha saído do Maranhão e seguia com destino a São Paulo.
O pescado inteiro estava eviscerado e armazenado em um caminhão com gelo, mas sem comprovação de ter passado pela inspeção oficial. Por isso o carregamento foi considerado impróprio o consumo, uma vez que é altamente perecível.
Foi lavrado auto de infração de R$ 4,5 mil para o responsável e os peixes descartados no aterro sanitário. “Foram adotadas as sanções fiscais baseadas na legislação de inspeção de produtos de origem animal, que coíbe o transito e a comercialização de produtos sem origem definida”, explicou o inspetor Ricardo Matarazzo.
Pescado apreendido pela Defesa agropecuária foi descartado em aterro
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.