Presidente da CPI pede que Pazuello seja objetivo, e ex-ministro se irrita

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), pediu ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello que seja objetivo nas respostas durante sessão nesta quarta-feira (19). Pazuello respondeu irritado e sugeriu que perguntas “simplórias” não fossem feitas.

Aziz pediu objetividade porque, além do discurso inicial de quase uma hora, Pazuello tem contextualizado longamente as respostas antes de falar a respeito das perguntas feitas pelo relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

“Eu vou responder todas as perguntas. Todas, sem exceção”, declarou Pazuello. “Não vou ficar repetindo uma palavra. Vim com bastante conteúdo e eu pretendo deixar claro à população e aos senhores senadores todos os fatos e verdades que aconteceram sobre a minha gestão”, prosseguiu.

“Perguntas com respostas simplórias eu gostaria até que não fossem feitas”, disparou Pazuello.

O presidente Omar Aziz respondeu: “Vossa Excelência não vai dizer para a gente o que a gente vai perguntar ou não. Quem decide isso são os senadores”. Disse ainda que, para muitas das perguntas, “basta um sim ou não”.

Ressalta-se que, antes do depoimento, a Advocacia-Geral da União (AGU) pediu que Pazuello tenha o direito de ficar em silêncio durante a CPI para não produzir provas contra si e obteve o benefício junto ao Supremo (STF). Porém, o ex-ministro terá de responder sobre fatos relacionados a terceiros.

A sessão segue. Assista:

O post Presidente da CPI pede que Pazuello seja objetivo, e ex-ministro se irrita apareceu primeiro em Jornal de Brasília.


Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.