Mãe de Paulo Gustavo agradece carinho de fãs na internet

A mãe do ator Paulo Gustavo, Déa Lúcia Amaral , voltou ao Instagram após a morte de seu filho na terça-feira (4), aos 42 anos. Em sua rede social, ela postou uma imagem do ator ao lado de uma frase, e agradeceu aos fãs do ator.

“Eternamente agradecida a todos pelas orações e carinho com minha família. Que Jesus abençoe a cada um de vocês. Usem máscara”, escreveu no Instagram. A mãe, que sempre foi inspiração do humorista, havia se despedido do filho com um agradecimento na terça-feira.

“Meu filho, meu filho, obrigada por você ter me escolhido para ser sua mãe”, disse ela no momento em que foi declarada a morte de Paulo Gustavo. O corpo do ator foi cremado em cerimônia restrita na tarde da quinta-feira (6), no Cemitério e Crematório Alto da Colina, em Niterói, no Rio de Janeiro.

Estiveram presentes no velório a cantora Preta Gil e seu marido, Rodrigo Godoy, 32, as atrizes Ingrid Guimarães, 48, Heloísa Périssé, 54, e Mônica Martelli, 52, a modelo Carol Trentini, 33, o comediante Marcus Majella, 41, a humorista Tatá Werneck, 37, e seu marido, Rafael Vitti, 25, e o Padre Omar.

Muitos famosos lamentaram a morte do ator, desde amigos até a cantora americana Beyoncé. “Aplaudam de pé esse grande homem! Gritem bravo! Façam uma homenagem a Paulo Gustavo em suas casas. Aplaudam de pé esse grande artista”, afirmou Tatá Werneck em suas redes sociais.

O presidente Jair Bolsonaro também deu seus votos “pelo passamento do ator e diretor Paulo Gustavo”. “Que Deus o receba com alegria e conforte o coração de seus familiares e amigos, bem como de todos aqueles vitimados nessa luta contra a Covid.”

O escritor Paulo Coelho, 73, prestou uma homenagem ao ator e utilizou frases negacionistas para protestar sobre a pandemia. “Assassinos de Paulo Gustavo: quem dizia ‘é só uma gripezinha’, ‘não passa de 200 mortes’, ‘cloroquina resolve'”, disse.

A lista continuou: “‘gente morre todo dia’, ‘lockdown destrói o país’, ‘máscara nos faz respirar ar viciado’, ‘eu obedeço o comandante’, e por aí vai. Canalhas da pior espécie”, completou o autor que já vendeu 320 milhões de exemplares de seus 30 livros.

Paulo Gustavo foi o criador de diferentes personagens de humor. Dona Hermínia é a mais famosa deles e uma campeã de bilheterias nos cinemas com a trilogia “Minha Mãe É uma Peça”. “Essa personagem mudou minha vida para sempre. Nunca imaginei que o que eu escrevia fosse ter essa repercussão dessas”, chegou a afirmar o ator.

Ela e outros personagens marcantes de Paulo Gustavo, como Maria Enfisema e Senhora dos Absurdos fizeram parte do 220 Volts, programa exibido entre 2011 e 2016 no Multishow, e que ganhou um especial em 2020, com transmissão na Globo.

FolhaPress

O post Mãe de Paulo Gustavo agradece carinho de fãs na internet apareceu primeiro em Jornal de Brasília.


Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.