Homem que estuprou enteada é condenado a mais de 17 anos de prisão

No dia 14 de setembro de 2020, um homem de 41 anos estuprou e ameaçou a própria enteada de 14 anos, em Nova Friburgo (RJ). Na última quarta-feira (28), o juiz do Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Marcelo Alberto Chaves Villas, condenou o agressor a mais de 17 anos de prisão.

De acordo com a decisão, o homem foi condenado a 17 anos e um mês de prisão, 16 anos e seis meses pelo crime de estupro e sete meses pelo crime de ameaça. Ainda é possível recorrer da decisão.

Segundo as investigações, o padrasto estuprou a menina de 14 anos quando a mãe estava fora da cidade. O homem obrigou a garota a ter relações sexuais com ele e a ameaçou de morte caso contasse pra alguém sobre o ocorrido.

Quando voltou para a cidade, a mãe percebeu que a filha estava triste e a menina contou o que que havia acontecido. A polícia foi acionada imediatamente.

O Juizado informou que a menina era virgem e morava com o agressor desde pequena. Ainda de acordo com a polícia, o condenado matou o pai biológico da menina, quando ela tinha 7 anos. O fato aconteceu porque o pai agredia a mãe e a garota.

O post Homem que estuprou enteada é condenado a mais de 17 anos de prisão apareceu primeiro em Jornal de Brasília.


Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.