Marido suspeito de agressões segue mulher até delegacia quando ela tentava registrar queixa


A mulher informou aos policiais que estava sendo perseguida o homem foi localizado e preso no entorno da delegacia. Ele foi liberado após pagar fiança. Situação foi registrada em Araguaína
Marcos Sandes/Prefeitura de Araguaína
Uma mulher vítima de violência doméstica foi perseguida pelo marido até a porta da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Araguaína, no norte do Tocantins, nesta terça-feira (4). Ela contou aos policiais que o homem começou a segui-la no momento em que tentava registrar a queixa. O suspeito tem 27 anos e não teve o nome divulgado.
A Polícia Civil informou que o homem acabou sendo preso, ele foi localizado pelos agentes minutos após a denúncia da companheira, em uma rua próxima a sede da DEAM. A delegada do caso, Ana Maria Varjal, informou que a situação foi registrada como injúria e vias de fato.
Mesmo com o flagrante, o homem acabou sendo solto. Ele pagou fiança e foi liberado para responder ao processo em liberdade. A Polícia Civil informou que este procedimento é obrigatório em casos do tipo porque está previsto em lei. As agressões, segundo o depoimento da vítima, foram no começo da manhã deste terça.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.