Carro da Vigilância Sanitária é apedrejado por cliente de lanchonete flagrado desrespeitando decreto em Palmas


Os decretos proíbem o consumo no local e autorizam apenas entregas ou retiradas de produtos no balcão. Nas redes sociais, prefeita de Palmas disse que fiscais registraram Boletim de Ocorrência. O carro dos fiscais foi apedrejado por cliente da lanchonete
Reprodução/Instagram
O carro de uma equipe da Vigilância Sanitária de Palmas foi apedrejado durante uma operação de fiscalização em uma lanchonete na Avenida LO-5, no centro da cidade. O caso foi divulgado pela prefeita da capital, Cinthia Ribeiro (PSDB), nas redes sociais nesta segunda-feira (26). Um cliente da lanchonete teria ficado insatisfeito com a ação dos fiscais, que encontraram irregularidades no local.
Segundo a publicação da prefeita, o cliente em questão estava consumindo produtos no local, o que é vedado pelo decreto atualmente em vigor. O texto atual permite apenas a retirada no balcão ou as entregas em domicílio. As equipes foram até a lanchonete por causa de uma denúncia de desobediência aos protocolos sanitários. A situação foi na noite deste domingo (25).
“Não bastasse essa rotina exaustiva de enfrentamento da pandemia, temos que lidar ainda com a falta de educação e respeito dos que insistem em negar a crise que vivemos”, disse Cinthia Ribeiro na postagem.
Prefeitura disse que registrou B.O. sobre a agressão
Reprodução/Instagram
O homem não foi preso em flagrante, mas um boletim de ocorrência foi registrado pela equipe e a agressão será investigada pela Polícia Civil. Ninguém ficou ferido.
O fim de semana foi marcado por flagrantes de desrespeito as medidas de prevenção em Palmas. Duas festas clandestinas com milhares de participantes foram interrompidas pelos fiscais na zona rural. Em uma delas, um dos participantes acabou precisando ser resgatado pelos Bombeiros, pois tentou fugir pulando uma grande e ficou com o braço preso em uma lança de metal.
A cidade registrou uma leve queda no número de novos casos da doença, mas o total de mortes e a ocupação hospitalar continua alta. Nesta segunda-feira, o boletim epidemiológico do município indicava 84,9% de ocupação nos leitos de terapia intensiva na cidade. A capital já registra mais de 460 mortos pela Covid-19.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.