Explosão em fábrica não afetará produção de oxigênio

Por meio de uma nota, a multinacional White Martins comunicou que a explosão registrada neste sábado (24), em uma fábrica de Fortaleza (CE), não afetará sua produção de oxigênio.

A empresa disse que o local da explosão era usado apenas para envasar o produto, que é fabricado e transportado da unidade fabril do Complexo do Pecém, a cerca de 50 quilômetros.

“A produção de oxigênio líquido no estado não foi comprometida e a empresa está buscando alternativas para o enchimento dos cilindros”, informou a empresa.

As causas da explosão ainda estão sendo investigadas. De acordo com a assessoria da multinacional, ao menos quatro das cinco pessoas que, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, sofreram ferimentos trabalhavam na fábrica.

Três dos feridos foram levados para o Instituto Doutor José Frota (IJF), onde foram submetidos a exames para avaliação clínica. Mais cedo, o prefeito José Sarto Nogueira já havia comentado, nas redes sociais, que os três “pacientes”, cujos nomes não revelou, estavam “estáveis, acompanhados pelas equipes multiprofissionais do hospital e realizando exames de imagem”.

Pouco depois, a prefeitura divulgou uma nota em que Sarto tranquiliza a população a respeito do fornecimento de oxigênio. “Nossos hospitais têm tanques abastecidos pela sede da empresa situada no Pecém. Já as usinas e os cilindros das nossas unidades de pronto atendimento [UPAs] foram abastecidos esta semana. Portanto, não temos risco de desabastecimento em virtude desta situação”, assegurou o prefeito, mencionando que uma quinta pessoa também sofreu ferimentos leves que não exigiram que fosse levada ao hospital.

A fábrica ocupa mais de meio quarteirão de uma área cercada por residências, pequenos comércios, ao menos dois postos de combustível e outros estabelecimentos. Vídeos gravados por moradores e pessoas que passavam pelo local no momento da explosão e compartilhados nas redes sociais mostram uma coluna de fumaça sobre a unidade fabril e alguns imóveis próximos supostamente afetados pela força da explosão, com vidraças quebradas e outros estragos.

A defesa civil municipal interditou a fábrica e técnicos estão vistoriando as construções vizinhas afetadas pelo acidente. Algumas vias próximas à empresa também foram temporariamente bloqueadas pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania. Segundo a prefeitura, o bloqueio será mantido até que o corpo de bombeiros ateste que a área pode ser liberada. Segundo a Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social, o risco de incêndio foi descartado.

No Twitter, o governador Camilo Santana lamentou o ocorrido e assegurou que técnicos da prefeitura já estavam em contato com a White Martins a fim de tratar da questão do fornecimento de oxigênio medicinal.

Com informações da Agência Brasil

O post Explosão em fábrica não afetará produção de oxigênio apareceu primeiro em Jornal de Brasília.


Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.