Suspeito de espancar mulher até a morte em povoado de Araguaína se entrega à polícia


Vítima foi morta após uma discussão com o companheiro. Crime aconteceu no fim de semana e homem foi preso nesta segunda-feira (19). Vítima foi morta em povoado de Araguaína
Portal Araguaína Notícias/Divulgação
Um homem foi preso pela polícia suspeito de matar a própria companheira no povoado Brejão, na zona rural de Araguaína, norte do Tocantins. A vítima se chamava Shirly Rodrigues Segurado, de 33 anos. Ela foi espancada e não resistiu aos ferimentos. O crime aconteceu no fim de semana e o suspeito se entregou nesta segunda-feira (19).
O povoado Brejão fica a cerca de 30 quilômetros da cidade. Conforme a Polícia Militar, a irmã do suspeito relatou que Shirly Rodrigues havia saído cedo de casa, no sábado (17), enquanto o companheiro dormia. No final da tarde, os dois se encontraram em um bar.
O casal teria voltado para casa embriagado e depois começaram a discutir. A testemunha afirmou que voltou para casa e encontrou vítima com sinais de espancamento, um corte na testa e hematomas nos olhos. O suspeito não estava lá.
A PM foi chamada e quando chegou ao local encontrou Shirly Rodrigues sem vida. Os militares ainda fizeram buscas, mas não localizaram o suspeito.
A prisão só aconteceu nesta segunda-feira (19) depois que próprio companheiro da vítima ligou para a Polícia Civil e se entregou. Ele teria ficado escondido em uma propriedade de parentes.
O homem contou à polícia que tinha discutido com a mulher e a agrediu. Também confessou que isso havia acontecido outras vezes. Ele foi preso e encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.