Ossadas de gado furtado são encontradas enterradas em fazenda; operação da polícia usou retroescavadeira


Polícia disse que animais eram desossados em ambiente insalubre e que as carnes eram distribuídas para moradores do entorno da fazenda. Na casa do suspeito foram encontrados vários pacotes com carnes e até um jacaré. Ossadas podem ser de gado furtado de fazenda
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na zona rural de Rio Sono durante investigações sobre um crime de furto de gado. Na ação desta terça-feira (20), várias ossadas e órgãos de bovinos foram encontrados em terrenos de uma propriedade rural. Os materiais estavam enterrados e a polícia precisou de uma retroescavadeira para retirá-los. A operação foi chamada de “Sepulcro Bovino”.
Conforme a polícia, o gado teria sido furtado de uma fazenda localizada a cerca de 60 km de Novo Acordo. O dono da propriedade, que não mora no Tocantins, realizou um boletim de ocorrência após sentir falta de cerca de 70 animais.
Após dias de investigações, os ossos de vários bovinos foram achados perto da sede da fazenda de um homem de 54 anos. No local também foram encontradas várias carnes ensacadas e até um jacaré inteiro congelado. A propriedade do suspeito também fica a cerca de 60 km de Novo Acordo.
Polícia usou retroescavadeira para desenterrar ossadas de gado
Divulgação/Polícia Civil
O delegado Israel Andrade, que comandou o caso, disse que os furtos dos animais podem estar acontecendo há meses. Segundo ele, “a carne estava sendo distribuída para moradores do entorno da fazenda onde as ossadas estavam enterradas”.
A polícia afirmou que o ambiente em que os animais eram desossados é “completamente insalubre” e que a situação coloca em risco a saúde de quem consumiu a carne.
O dono da propriedade não foi preso e vai aguardar o processo em liberdade.
Carnes foram encontradas na fazenda de suspeito de furto de gado
Divulgação/Polícia Civil
Outros casos
O delegado Túlio Pereira Motta, da 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil, afirmou que ações de combate ao furto de gado estão sendo intensificadas. Recentemente dois homens foram presos em Brejinho de Nazaré, também por de furto de gado. Eles usavam documentação pessoal falsa para poder cometer os delitos.
Já nesta segunda-feira (19) um suspeito de furtar gado foi detido pela Polícia Militar após um caminhão com 20 animais ficar preso em uma ponte de zona rural de Pau D’arco.
Os policiais foram ao local do acidente e o motorista do veículo não soube explicar a procedência do carregamento. O fazendeiro, vítima do furto, reconheceu o gado após militares desconfiarem que os animais poderiam ter sido furtados. O motorista foi preso.
Ossadas foram encontradas enterradas em fazenda de Novo Acordo
Divulgação/Polícia Civil
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.