Decreto de flexibilização libera eventos particulares em Colinas do Tocantins


Liberação de festas não vale para bares, restaurantes e similares. Consumo de bebida está proibido em espaços públicos. Colinas do Tocantins fica no norte do estado
Divulgação/Prefeitura de Colinas do Tocantins
A Prefeitura de Colinas do Tocantins, na região norte do estado, decidiu liberar a realização eventos e festas particulares na cidade. A liberação não vale para bares, restaurantes e similares. O decreto com medidas de flexibilização foi publicado nesta sexta-feira (16) pelo prefeito Josemar Carlos Casarin (PSL) e vai valer por tempo indeterminado.
Segundo o texto poderão ser realizados, com a presença de público, eventos e atividades desportivas e científicas, festas particulares, reuniões familiares e de trabalho, leilões, passeatas e afins. Apesar das liberações, o toque de recolher continua em vigor das 22h às 6h.
Foram estabelecidas as seguintes medidas de segurança, inclusive para cultos e reuniões religiosas:
Uso obrigatório da mascaras, disponibilização de álcool gel 70 %, limpeza das superfícies com álcool 70% e limitação da permanência de apenas 50% da capacidade do local;
A capacidade máxima permitida ao redor de cada mesa será de quatro pessoas;
Deverá ser mantido distanciamento mínimo de dois metros entre mesas e pessoas.
O decreto estabelece que bares, restaurantes e similares não poderão promover eventos, shows ou festas. O funcionamento destes estabelecimentos será permitido das 6h às 22h com tolerância máxima até 23h.
O consumo de bebida alcoólica está proibido em quaisquer locais públicos como vias, praças, jardins, parques, entre outros. Porém, está liberado nos estabelecimentos privados desde que obedecidas às regras de segurança e distanciamento.
As academias esportivas podem funcionar, desde que limitem a quantidade de usuários a 50% da lotação do local. Além de adotar as demais medidas de prevenção ao coronavírus.
Segundo o município, as medidas levam em consideração a melhora da taxa de ocupação de leitos clínicos no município e de UTIs em Araguaína, que é a cidade de referência. Também considerou a necessidade de redução de impacto financeiro causado pela pandemia.
Colinas do Tocantins tem 35.851 mil habitantes, segundo a última estimativa do IBGE. A cidade acumula 5.880 casos confirmados de coronavírus e 83 mortes. Nesta última semana, segundo o boletim epidemiológico estadual, foram registrados 78 diagnósticos de Covid-19.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.