Governo do Tocantins quer realizar compra da vacina russa em quatro etapas


Planejamento do Palácio Araguaia indica que cada lote teria 250 mil doses, com o primeiro sendo adquirido em abril e o último em julho. Carlesse assinou pedido para que Anvisa autorize a compra. Vacina Sputnik V ainda não tem uso autorizado no Brasil
Reprodução/TV Globo
O Governo do Tocantins divulgou na noite desta quarta-feira (14) o primeiro detalhamento sobre como deve ser o contrato para aquisição de um milhão de doses da vacina russa Sputnik V, contra a Covid-19. O plano do Palácio Araguaia é realizar a aquisição em quatro etapas, com cada lote contendo 250 mil doses.
O planejamento indica apenas as datas em que as compras seriam realizadas, ainda não há uma previsão de entrega para os pedidos. A primeira aquisição seria ainda em abril, com mais 250 mil doses sendo adquiridas a cada mês até julho. O custo total previsto é de R$ 75 milhões.
Nesta quarta, o governador Mauro Carlesse (PSL) assinou o pedido para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorize a compra. O documento ainda não foi enviado ao órgão regulador, isso deve ocorrer nos próximos dias.
Até o momento, nove estados também enviaram pedidos para a compra da Sputnik V: Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuco, Bahia, Acre, Rio Grande do Norte e Sergipe.
O pedido de autorização excepcional é necessário porque o imunizante ainda não tem o uso liberado no Brasil, isso está em fase de análise. As compras dos estados são fora do Programa Nacional de Imunização. “Espero que a Agência dê essa autorização o mais rápido possível, para que o Estado do Tocantins venha a importar as vacinas e colocar à disposição da população. Se Deus quiser, em breve estaremos com as vacinas para imunizar o nosso povo”, disse o governador.
A vacina que o Tocantins quer adquirir é produzida pelo Instituto Gamaleya na Rússia e pela União Química no Brasil.
Atualmente, o Tocantins utiliza as duas vacinas aprovadas no país, CoronaVac e Oxford/AstraZeneca, na imunização. O estado aplicou 180.564 doses ao longo de quase três meses de campanha. O número equivale a 8,81% da população que recebeu pelo menos uma dose de algum imunizante. Do total, 138.585 receberam apenas a primeira dose e 41.979 já receberam as duas.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.