Buracos dificultam tráfego de estrada que dá acesso a assentamento em Porto Nacional


Cerca de 200 pessoas vivem na região e reclamam que estrada vicinal traz perigo e riscos de acidentes. Moradores do assentamento São João 2 reclamam de buracos na estrada
Uma estrada que dá acesso a chácaras e ao assentamento São João II, em Porto Nacional, tem prejudicado os moradores. São tantos buracos que tornam a viagem um desafio. O sentimento da comunidade é de indignação.
No assentamento vivem cerca de 200 famílias, que precisam da estrada vicinal para trafegar, fazer o escoamento de grãos e resolver as pendências em Palmas e Porto.
A estrada não tem asfalto e está cheia de buracos. Os prejuízos são inevitáveis. Na beira da estrada, é comum ver peças de veículos que foram deixadas para trás.
Motoristas que passam pelo setor São João 2 reclamam de condição do assentamento
Reprodução/TV Anhanguera
“Quebra, o meu [carro] parou esses dias ali, se não fossem os vizinhos para me tirar do prego. Teve que chamar o guincho, por causa da estrada que você está vendo aí”, reclamou o lavrador Domingos Berroso.
Os buracos aumentam os riscos de acidentes. “É um local muito perigoso e que é uma rota, além das famílias, dos ônibus escolares. Para mim, além da péssima qualidade dessa estrada, o grande problema é o risco que as crianças correm nos ônibus. Tudo bem que está tendo pandemia e a gente não está tendo isso, mas é muito grave, é muito problemática a situação”, relata o empresário Marcílon Martins.
Para arrumar a estrada, moradores dizem que procuraram as Prefeituras de Porto Nacional e Palmas. O empresário Cícero Bento vive aqui há 14 anos e reclama que não há um consenso sobre a responsabilidade pela via.
“Praticamente toda a convivência é em Palmas, toda negociação é em Palmas, só que [a região] faz parte de Porto. Então, a gente recorre a Porto pedindo para organizar a estrada, eles falam que aqui todo benefício é de Palmas, então temos que recorrer a Palmas. Beleza, a gente recorre a Palmas, aí eles falam, a área lá é de Porto. Ou seja, um empurra para o outro”.
Procurada, a Prefeitura de Porto Nacional ainda não se manifestou sobre o problema.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.