Prefeitura de Araguaína anuncia retorno de aulas semipresenciais na rede pública


Retorno gradativo está marcado para a próxima segunda-feira (12). Alunos da zona rural da cidade serão os primeiros a voltar a frequentar as escolas. Servidor verifica temperatura de criança na entrada de escola em Araguaína
Marcos Sandes/Prefeitura de Araguaína
A prefeitura de Araguaína, no norte do estado, anunciou que as aulas semipresenciais da rede municipal serão retomadas a partir da próxima segunda-feira (12). Segundo a Secretaria de Educação da cidade, o retorno será gradativo e os primeiros a frequentar as escolas são os estudantes que moram na zona rural. A previsão é que até o final de abril toda a rede municipal tenha atividades presenciais.
Pela segunda vez no ano, o anúncio é feito em meio ao alto número de diagnósticos de Covid-19 e de internações por causa da doença. No mês de março o município havia decidido retornar as aulas presenciais e as atividades dentro das escolas estavam marcadas para começar na última segunda-feira (29). A Prefeitura voltou atrás e adiou o retorno por causa do agravamento da pandemia.
Veja como está a evolução da Covid-19 em Araguaína
As primeiras unidades a receber os estudantes serão as escolas e creches da zona rural. As 13 unidades têm 458 alunos matriculados e atualmente não possuem casos ativos de Covid-19.
Para essas crianças e adolescentes, as aulas serão oferecidas pelo sistema semipresencial. As turmas serão divididas em dois grupos e vão revezar semanalmente entre o ensino presencial e aulas à distância, com atividades realizadas em casa.
Depois será a vez das unidades da área urbana voltarem com as atividades de forma gradual e escalonada. A cada semana a Prefeitura fará o retorno de um ou dois anos escolares, até que todas as unidades municipais tenham atividades presenciais.
A Prefeitura disse que o novo plano para o retorno foi definido após um estudo referente ao nível de contaminação por Covid-19 entre estudantes e funcionários da educação. O estudo apontou índice de 0,5% entre os alunos durante o período de aulas presenciais.
O prefeito Wagner Rodrigues (Solidariedade) afirmou que “nenhuma criança de Araguaína precisou de internação em uma UTI pediátrica”. Ele falou sobre a necessidade de haver acompanhamento diário de casos de Covid-19 na rede municipal de ensino.
Alguns servidores que se enquadram em grupos de risco, como as mulheres grávidas, vão continuar trabalhando de forma remota.
Protocolos de segurança
A Prefeitura de Araguaína adotou protocolos para evitar a transmissão da Covid-19 dentro das escolas. Entre eles estão o distanciamento de 1,5 m entre as cadeiras, divisão das turmas em grupos menores, uso de máscaras e desinfecção do transporte escolar.
Sobre a merenda escolar está prevista a implementação de medidas específicas, tanto no preparo dos alimentos, com uso de equipamentos de proteção individual, quanto na forma de servi-lo aos alunos. Os funcionários devem sempre manter distanciamento e higienização das mãos e de talheres antes do contato com a comida.
Evasão escolar
A Prefeitura afirmou que “identificou um crescimento no índice de evasão escolar entre os estudantes”. De acordo com o último levantamento da Secretaria de Educação, quase 2,5 mil alunos deixaram de ser matriculados para o ano letivo que começou em fevereiro deste ano e que 30% dos alunos matriculados não estão entregando atividades durante ensino remoto.
Covid-19 em Araguaína
Atrás apenas da capital, Araguaína é a segunda cidade do Tocantins mais afetada pela pandemia. O município soma 24.850 casos de coronavírus e 324 mortes pela doença.
Conforme o portal Integra Saúde, que informa a taxa de ocupação dos hospitais, até às 15h38 desta sexta-feira (9) a cidade tinha poucas vagas em leitos de UTI Covid.
Veja como está a ocupação dos leitos nas unidades públicas:
Hospital Regional de Araguaína – 82% de ocupação
Hospital Municipal de Campanha de Araguaína – 80% de ocupação
Veja como está a ocupação dos leitos particulares contratados pelo estado:
Hospital Dom Orione em Araguaína – 100% de ocupação
Instituto Sinai Araguaína – 80% de ocupação
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.