Quase metade dos casos notificados de Covid-19 no Tocantins não é testada


Casos notificados são aqueles em que o paciente apresenta febre e pelo menos um dos sintomas respiratórios que podem ser de coronavírus. Prefeitura disse que parte dos moradores não comparece para os exames na data agendada. Quase metade das pessoas notificadas com sintomas da Covid-19 não fez o teste
O Tocantins tem, até esta quinta-feira (8), 146.506 casos confirmados de Covid-19. Este número poderia ser ainda maior se todos os casos notificados da doença no estado fossem testados. Mas de acordo com os dados divulgados pela própria Secretaria de Estado da Saúde, quase metade das notificações, que já somam 445.035, não passou por nenhum teste que poderia confirmar ou descartar a contaminação.
Os casos notificados são aqueles em que a indivíduo apresenta febre e pelo menos um dos sintomas respiratórios que podem estar relacionado ao coronavírus, como tosse, por exemplo..
Na casa de Fernanda Carla Pedrosa, que vivem em Palmas, moram cinco pessoas. Eles convivem o tempo todo, mas quando ela foi diagnosticada com a Covid, nenhum dos outros moradores foi testado. “Porque não sentiam nenhum sintoma, as meninas ficaram isoladas de mim”, conta.
Desde o início da pandemia, foram realizados quase 230 mil (226.805) testes de Covid-19 no Tocantins. Seis em cada dez desses exames deram positivo pra doença. O estado tem capacidade de analisar, por dia, no Laboratório Central que fica em palmas, cerca de duas mil amostras.
Lacen tem capacidade para analisar dois mil testes RT-PCR por dia
Reprodução/TV Anhanguera
Atualmente o estado tem disponível aproximadamente 40 mil (39.896) testes de Covid-19. Em Palmas, das mais de 145 mil (145.861) pessoas notificadas, quase 50 mil (48.929) não chegaram a fazer o exame. A capital é a cidade do estado com maior número de confirmações e o maior número de mortes por conta da covid-19. Quando uma pessoa testa positivo, a orientação da Secretaria de Saúde do Município é de que toda a família fique em isolamento.
“A gente pede que todos fiquem isolados, porque também podem vir a manifestar a doença”, disse Daniel Borini, secretário executivo da Semus.
Os especialistas alertam para o fato de que só com o aumento da testagem é possível ter a real noção sobre como e quanto o vírus tem se espalhado. “Mais da metade das infecções por Covid ocorre das pessoas assintomáticas ou que têm sintomas muito discretos. Portanto a testagem em massa, ela é muito importante para identificar os casos, para fazer a contenção e para dimensionar o tamanho da pandemia”, diz o infectologista Evaldo Araújo.
A SES disse que todos os casos notificados devem ser testados e isolados, mas dependendo da data de início dos sintomas são feitos agendamentos para as coletas de exames, atendendo aos critérios e prazos necessários para o diagnóstico. Segundo a secretaria, muitas pessoas acabam não retornando para fazer o teste, por decisão pessoal em não coletar o material.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.