Casos confirmados de dengue caem pela metade em Palmas


A prefeitura acredita que a redução possa estar relacionada com a pandemia de Covid-19, já que parte dos moradores ficou mais tempo em casa e por isso dedicou mais cuidados aos quintais. Casos de dengue diminuíram em Palmas
Reprodução/TV Anhanguera
Os casos confirmados de dengue em Palmas tiveram uma queda de mais de 50% nos três primeiros meses de 2021 comparados ao mesmo período de 2020. O levantamento foi realizado pela prefeitura da capital entre os dias 1º de janeiro a 4 de abril. Este ano foram 86 confirmações, contra 173 no ano anterior.
O número de casos notificados, que são os que estão sob investigação, mas ainda não foram confirmados ou então foram descartados, também caiu. Foi de 899 em 2020 para 561 este ano.
Ao comentar os dados, o gerente da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses (UVCZ), Auriman Cavalcante, avaliou que a pandemia de Covid-19 pode estar relacionada a melhora deste índice. “A população trabalhou efetivamente na limpeza de seus quintais neste período [de pandemia] em que muitas pessoas estão em casa e o trabalho dos agentes também continuou. Outro motivo foi que tivemos apenas um dos quatro tipo de vírus da dengue circulando em Palmas”, explicou.
O tipo encontrado na cidade é o chamando Den-2, conforme a classificação da Fundação Oswaldo Cruz.
Cavalcante pediou que a população mantenha os cuidados mesmo após o período das restrições da pandemia e colabore sempre com os agentes de endemias da cidade. Evitar água empoçada interrompe o ciclo de reprodução do mosquito Aedes aegypti e pode ajudar a reduzir ainda mais os índices.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.