Mudança de nome oficial do Maracanã não vai acontecer

Depois de muita polêmica, o deputado André Ceciliano (PT), presidente da Assembleia Legislativa do Rio e autor do projeto que muda o nome oficial do Maracanã de Mário Filho para Rei Pelé, voltou atrás.

Nesta terça-feira, último dia do prazo para o governador em exercício, Cláudio Castro, vetar ou sancionar a proposta, o deputado vai reunir o colégio de líderes e sugerir que eles recomendem o veto ao governador.

“Foi um desgaste desnecessário”, reconhece Ceciliano, cuja intenção era fazer uma homenagem em vida a Edson Arantes do Nascimento.

A mudança de nome do Maracanã de Mário Filho para Rei Pelé foi alvo de inúmeras críticas por parte de historiadores e especialistas do mundo do esporte.

“Era uma discussão válida, mas foi extemporânea e reconheço isso. Em tempos de pandemia, a sociedade, com razão, espera que a gente mantenha o foco no que é realmente importante: salvar vidas e ajudar a economia a se reerguer”, afirma o presidente da Alerj.

Continua após a publicidade

Leia esta e muitas outras notícias na Coluna de Esportes da Revista Veja
Autor: Mariana Muniz

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.