PCGO mira suspeitos de desviar R$ 100 milhões do Estado

A Polícia Civil de Goiás realiza nesta terça-feira (23) uma operação contra um grupo suspeito de dar prejuízo de mais de R$ 100 milhões do Estado. O bando, composto por empresários e contadores, usava laranjas para desviar dinheiro público, apontam as investigações.

Agentes cumprem 12 mandados de prisão e 20 de busca e apreensão. As ordens foram cumpridas em casas e condomínios de luxo.

A operação foi batizada de Último Drink. Durante meses, policiais investigaram os passos dos suspeitos e notaram que eles viviam vida de luxo graças às falsificações e sonegações fiscais.

A Delegacia de Repressão a Crimes Contra Ordem Tributária (DOT/PCGO) é responsável pela operação. A Secretaria de Economia de Goiás presta apoio à corporação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.