Avó denuncia suspeita de abuso contra neta e polícia descobre que menina era estuprada pelo padrasto há seis anos


O homem foi preso nesta quarta-feira (17) em Lajeado. Atualmente a vítima tem 13 anos de idade. Crime foi na zona rural de Lajeado
Reprodução/TV Anhanguera
Um homem de 27 anos foi preso nesta quarta-feira (17) na zona rural de Lajeado, região central do Tocantins, suspeito de cometer uma série de estupros contra a própria enteada. A investigação começou após a avó materna da menina procurar a Polícia Civil em novembro de 2020 e relatar que desconfiava que a menina pudesse ter sido abusada.
O delegado Lucas Brito Santana, que comandou a investigação, informou que ouviu várias testemunhas e pediu que fossem realizados exames na menina, atualmente com 13 anos. Ele identificou que ela tinha muito medo do padrasto, o que leva a crer que estava sendo ameaçada. Os abusos, segundo apurado pelos investigadores, começaram há seis anos, quando a garota tinha apenas sete anos de idade.
A operação para localizar o homem foi organizada após a Justiça conceder a prisão preventiva dele. Ele foi encontrado em uma estrada vicinal, que dá acesso a fazenda onde o suspeito mora. Ele vai aguardar a conclusão do inquérito na Cadeia Pública de Miracema do Tocantins, que é cidade vizinha a Lajeado.
O delegado reforçou ainda a importância de que a população denuncie suspeitas de crimes do tipo, uma vez que as vítimas frequentemente convivem com os agressores e são ameaçadas.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.