Quase 150 escolas estaduais estão aptas a retomar aulas presenciais a partir de segunda, aponta governo


Conforme a secretaria da educação, há 92 municípios tocantinenses que apresentam baixo índice da Covid-19. Aulas serão retomadas gradativamente, de acordo com a realidade de cada cidade. Tocantins tem quase 500 escolas na rede estadual
Elias Oliveira / Governo do Tocantins
Em todo o Tocantins, 147 das quase 500 escolas da rede estadual estão aptas a retomar as aulas presenciais, a partir da próxima segunda-feira (8), de acordo com a secretaria da educação. O retorno será gradativo, a começar das unidades localizadas em municípios que registraram menor índice da Covid-19, nos últimos dias.
Desse total de 147, algumas já devem retomar na segunda. Outras, nos dias seguintes. “Neste grupo, temos escolas com diferentes realidades. Parte delas estão prontas para iniciar as aulas presencias, outras estarão organizando os espaços, outras estarão fazendo seu planejamento de retorno”, enfatizou a secretária da educação Adriana Aguiar.
As demais escolas da rede seguem ofertando aulas não presenciais aos estudantes e preparando seus planos de retorno presencial. Após o período de adaptação deste primeiro grupo de escolas, as demais retornarão, também de forma gradativa.
O governo enfatizou que cada unidade de ensino tem seus canais diretos com pais e alunos e repassarão as informações sobre o retorno, à medida em que estiverem prontas para iniciar as atividades educacionais presenciais.
Adriana ressaltou que a secretaria identificou os municípios onde o ambiente está mais favorável.
“Identificamos 92 localidades, das quais 26 municípios não apresentaram nenhum caso nos últimos dias; outros 18, apresentaram um caso cada; outros 15, registraram dois casos, e assim por diante. Nossa orientação é que as escolas estaduais desta localidades utilizem esta primeira semana (de 8 a 13 de fevereiro) como período de adaptação, fortalecendo o diálogo com pais e estudantes”, frisou.
A orientação da secretaria é que nesta segunda-feira, ocorra a abertura das escolas para o acolhimento dos estudantes, com a entrega das máscaras, orientações sobre os protocolos de segurança, rotinas educacionais e diálogo com a comunidade escolar.
“Já destinamos para estas escolas [aptas a receberem alunos] Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos estudantes e servidores, tais como álcool em gel, dispenser de álcool em gel para parede, álcool 70%, termômetro digital. Elas também estão recebendo máscaras e material de comunicação visual de orientação e demarcação dos espaços escolares. Outros equipamentos, tais como protetor facial, aventais, luvas, tapetes sanitizantes podem ser adquiridos pelas unidades escolares, por meio de recursos oriundos da gestão descentralizada ou do aporte recebido por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Emergencial”, frisou a secretária.
Conforme o governo, além dos equipamentos, todas as unidades de ensino da rede estadual receberão o Plano de Retomada das Atividades Escolares Presenciais ou Híbridas, elaborado pela equipe técnica da Seduc, que apresenta um conjunto de práticas pedagógicas, de gestão e proteção à saúde, para nortear as escolas públicas na condução deste processo de implementação gradativa de aulas presenciais.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.