Padrasto suspeito de estuprar duas enteadas é preso em Arraias


A investigação foi aberta ainda em 2019, quando a mãe das crianças procurou a polícia para denunciar os crimes. Crime aconteceu em Arraias, no sudeste do Tocantins
Bianca Zanella/Divulgação
A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (2) um homem de 30 anos que estava foragido após ser acusado de estuprar duas crianças. O crime foi em Arraias, no sudeste do Tocantins, em 2019. Na época, o suspeito tinha um relacionamento com a mãe das duas meninas. Foi a mulher quem procurou a polícia após desconfiar das atitudes do companheiro.
Para preservar as vítimas, as idades delas não foram informadas. As duas ainda não tinham chegado à adolescência quando os abusos aconteceram.
O caso foi apurado pela 11ª Delegacia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis. A delegada responsável, Vanusa Regina de Carvalho Nunes, explicou que o inquérito foi concluído em 2020 e a prisão preventiva do homem estava decretada desde então. Ele ainda não tinha sido localizado, mas foi encontrado em uma casa, ainda na cidade de Arraias, nesta terça-feira.
O acusado foi levado para a Cadeia Pública de Arraias, onde deve aguardar pelo julgamento. Os indícios colhidos pelos policiais até o momento indicam que as vítimas foram abusadas mais de uma vez cada.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.