Pacientes transferidos do AM são isolados para evitar possível disseminação de variante do coronavírus


Tocantins recebeu 17 pacientes de Manaus na noite deste domingo (31). Secretário de Saúde disse que tratamento dos amazonenses também será feito por equipes separadas. Secretário de Saúde do Tocantins fala sobre pacientes com Covid vindos do Amazonas
Os pacientes do Amazonas que chegaram em Palmas na noite deste domingo (31) foram colocados em enfermaria separadas das demais pessoas que estavam internadas no Hospital Estadual de Combate à Covid-19. Segundo o secretário de saúde do Tocantins, Edgar Tolini, o tratamento dos amazonenses também será feito por equipes separadas. O objetivo é diminuir o risco de transmissão de uma possível nova cepa do coronavírus.
“Não vai haver mistura de enfermaria. Uma enfermaria está separada para os pacientes de Manaus, do Amazonas. Todos eles estão sendo monitorados e separados dos demais pacientes […] Até a equipe, a gente separou uma equipe para cuidar desses pacientes sem deixar de dar atenção aos que estão internados”, explicou o secretário.
O Tocantins recebeu 17 pacientes transferidos do Amazonas. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), todos apresentavam sintomas leves ou moderados e foram internados em leitos clínicos.
Secretário de saúde do Tocantins, Edgar Tolini, durante entrevista coletiva
Reprodução/TV Anhanguera
“Colhemos material de todos os que chegaram para fazer o sequenciamento genético para ver se existe ou não cepa nova. Não se pode afirmar enquanto não houver o sequenciamento e isso não é feito aqui”, disse.
O secretário afirmou que não há motivo para preocupação, pois os pacientes estão isolados em ambiente hospitalar e todos os protocolos de prevenção estão sendo seguidos pelos profissionais da saúde.
“Então nós estamos absolutamente seguros e resguardados com todos os cuidados para que cuidemos desses pacientes isoladamente dos outros pacientes que estão internados, que não são só do Tocantins. Nós temos pacientes de outros estados que dão entrada pelas portas do SUS”, comentou.
Pacientes do AM chegaram em Palmas em uma aeronave da Força Aérea Brasileira
Dock Júnior/Divulgação
Tolini afirmou ainda que foi informado nesta segunda-feira (1º) de que já existiam pacientes do Amazonas sendo tratados em hospitais particulares de Palmas. “Hoje fiquei sabendo que existem pacientes de hospitais privados que vieram transferidos de Manaus e que estão tratados em hospitais privados, mas espero que tenham tomado todos esses cuidados e que tanto a equipe quanto os pacientes estejam transferidos dos demais.”
O secretário também comentou a eficácia das vacinas disponíveis contra novas cepas do coronavírus. “A vacina, até agora, ela já comprovadamente se mostrou eficaz para essas novas cepas. Isso também é uma coisa que a gente fica tranquilo. Todas as vacinas, tanto a CoronaVac quanto a vacina Oxford/Astrazeneca estão com capacidade de proteger contra cepa nova, pelo menos é o que o Ministério tem nos falado”.
Chegada de pacientes do Amazonas
Pacientes do AM começam a receber tratamento contra a Covid-19 no Tocantins
O Governo do Estado havia informado que seriam 18 transferências, mas um paciente que estava na lista permaneceu em Manaus. Os pacientes desembarcaram às 23h20 deste domingo (31) no aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues. Eles foram transportados por um avião da Força Aérea Brasileira
A transferência de pacientes do Amazonas para outros estados ocorre por causa do colapso da rede de saúde pública no estado.
Coronavírus no Tocantins
Desde o início da pandemia, 102.348 pessoas foram diagnosticadas com Covid-19 no Tocantins e 1.386 morreram. Só nesta segunda-feira (1º) foram registrados 138 novos casos da doença e mais seis mortes.
Conforme os dados do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estadual de Saúde (SES), atualmente o estado tem 214 pessoas internadas com coronavírus. São 152 em leitos públicos e 62 em particulares. Entre as internações na rede pública, 72 estão em vagas clínicas e 80 em UTIs.
No Hospital Estadual de Combate à Covid-19, para onde os amazonenses foram enviados, 32 dos 60 leitos estão ocupados até às 15h30 desta segunda-feira (1°). O percentual de ocupação é de 53%.
Cidades mais afetadas pela pandemia no Tocantins:
Palmas – 24.614 casos e 242 mortes
Araguaína – 19.668 casos e 254 mortes
Gurupi – 5.676 casos e 79 mortes
Colinas do Tocantins – 5.052 casos e 48 mortes
Porto Nacional – 3.811 casos e 67 mortes
Paraíso do Tocantins – 3.483 casos e 53 mortes
Guaraí – 1.854 casos e 31 mortes
Tocantinópolis – 1.466 casos e 25 mortes
Formoso do Araguaia – 1.405 casos e 20 mortes
Araguatins – 1.208 casos e 31 mortes
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.