Isolado, Maia joga a toalha e admite que não pautará impeachment de Bolsonaro

Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao blog da Andreia Sadi, do G1, nesta segunda-feira (1º), que não vai dar andamento a nenhum dos mais de 60 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Isolado, após perder apoiado do próprio partido, Rodrigo Maia chegou a ameaçar abrir o impeachment de Bolsonaro, porém percebeu provavelmente que não teria chances, o processo inclusive poderia ser facilmente vencido por Bolsonaro, o que o deixaria ainda mais forte para 2022. Maia já havia dito anteriormente que só pautaria o impeachment, caso houvesse chance real de vitória.

Maia se tornou o principal nome da oposição a Bolsonaro e reuniu consigo apoio do PT, PCdoB, PSB e PDT para tentar emplacar um candidato de oposição a Bolsonaro na Câmara para dar continuidade ao trabalho que estava fazendo, travando pautas de interesse do governo.

Não se sabe qual será o destino de Maia após sair do comando da Câmara, especulou-se na mídia que ele iria trabalhar para João Doria, em São Paulo e construir uma ‘frente anti-Bolsonaro’.

 

O artigo Isolado, Maia joga a toalha e admite que não pautará impeachment de Bolsonaro foi publicado originalmente em Folha da República.

O post Isolado, Maia joga a toalha e admite que não pautará impeachment de Bolsonaro apareceu primeiro em República de Curitiba.

Leia esse post na integra no Blog República de Curitiba
Autor:

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.