Doses da vacina contra Covid-19 começam a ser distribuídas aos municípios nesta terça-feira (19)


Lotes serão conferidos pelo Laboratório Central e depois colocados à disposição dos municípios. Secretário de saúde Edgar Tolini falou durante coletiva de imprensa
Edson Reis/G1
As 44 mil doses da CoronaVac recebidas pelo Tocantins nessa segunda-feira (18) serão suficientes para imunizar 22 mil moradores, pois cada pessoa receberá duas aplicações. Segundo o secretário de saúde do Tocantins, Edgar Tolini, o Laboratório Central do Estado (Lacen) fará a conferência dos lotes recebidos e a distribuição para os municípios começa nesta terça-feira (19).
Parte das doses recebidas no Laboratório Central de Palmas será enviada para o centro de distribuição em Araguaína, responsável por toda região centro-norte e Bico do Papagaio. Cada central ficará responsável por disponibilizar a vacina aos municípios de suas regiões.
Todas as 139 cidades devem receber a vacina. “Nós vamos conferir e imediatamente chamar os municípios para que eles venham [buscar a vacina no Lacen]. E também, com apoio da Polícia Militar e da Segurança Pública, fazer a remoção das vacinas, no que cabe à região centro-norte e Bico do Papagaio, para a central de distribuição que está em Araguaína”, afirmou.
A partir da entrega, cada município ficará responsável por organizar sua vacinação, obedecendo aos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. O estado chegou a divulgar um plano de vacinação com os grupos prioritários, mas as prioridades precisarão ser revistas após o quantitativo de doses recebidas.
Entre os profissionais da saúde, por exemplo, só serão vacinados os que estão efetivamente na linha de frente contra a Covid-19.
Entrega das primeiras doses
Momento em que as caixas com doses foram retiradas de avião
Edson Reis/G1
O primeiro carregamento da CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, chegou ao aeroporto de Palmas às 18h11 desta segunda-feira (18). O carregamento foi escoltado até o Lacen pela Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).
A enfermeira Edileuza Ferreira dos Santos, de 52 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra o coronavírus no Tocantins. Ela trabalha na linha de frente do combate à Covid-19 no Hospital Regional de Gurupi e faz parte do grupo prioritário para a imunização. A aplicação da dose foi feita no Laboratório Central do Estado (Lacen) às 20h04.
Outras duas pessoas também foram vacinadas na noite desta segunda-feira (18).
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.