Paciente com câncer faz pedido surpresa e se casa em hospital de Araguaína


Antônio Marcelo Silva e Fernanda de Araújo Batista estão juntos há 11 anos e têm três filhos. O homem foi diagnosticado com câncer no fígado e o estado de saúde dele é considerado grave. Casamento foi realizado no HRA
Divulgação
Um casal de lavradores de Araguaína, cidade da região Norte do Tocantins, correu parar fazer a cerimônia de casamento neste sábado (16) no Hospital Regional da cidade. É que o noivo, Antônio Marcelo Silva de 46 anos, está realizando tratamento contra um câncer no fígado. Fernanda de Araújo Batista, 26 anos, disse que a situação do marido é grave, mas mesmo assim recebeu o pedido de casamento surpresa quando a internação começou. Os dois estão juntos há 11 anos e têm três filhos juntos.
“Foi uma cerimônia organizada de última hora. Meu marido que teve a ideia. Ele me pediu em casamento já aqui no hospital. Ontem, um dia antes da festa, ele me disse que a gente ia casar”, disse Fernanda.
Fernanda contou que as assistentes sociais do hospital organizaram tudo. “Desde o vestido ao bufê. Não precisei gastar com nada. Poucas pessoas participaram. Estavam o médico, o pastor, as enfermeiras, meu enteado e as testemunhas, que são amigos que fizeram no hospital”, explicou.
A festa emocionou profissionais de saúde da unidade. Após a cerimônia, a mulher disse que espera voltar logo para casa com o marido.
“Ele é minha vida, meu tudo, meu companheiro. Me ajuda em tudo. É o homem que toda mulher gostaria de ter”.
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que todas as medidas de segurança para evitar a transmissão do coronavírus foram respeitadas, como o uso de máscara, álcool gel, espaço ventilado ao ar livre e número controlado de pessoas.
O casamento no hospital de Araguaína emocionou profissionais da saúde
Divulgação
A doença
Antônio Marcelo Silva foi diagnosticado com câncer no fígado no final de 2020. No dia 8 de dezembro ele deu entrada no hospital, voltou para casa, mas precisou retornar à unidade no dia 4 de janeiro deste ano.
“O caso dele é muito grave. Ele está fazendo tratamento contra uma infecção generalizada. Os médicos ainda estão vendo a possibilidade de começar a quimioterapia, mas ele está muito debilitado”, disse Fernanda.
A mulher conta que para conseguir cuidar do marido precisou deixar os filhos com a mãe. “Só vou sair daqui agora quando ele tiver alta e não tem nenhuma previsão para isso”, contou a mulher.
Noiva ao lado do enteado durante casamento no Hospital Regional de Araguaína
Divulgação
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.