Polícia Federal prende jogador de golfe procurado pela Interpol no Rio

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira, 14, o jogador de golfe argentino Ángel Cabrera, de 51 anos, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro. “El Pato”, como ele é conhecido, está na lista da Interpol e é acusado por autoridades argentinas de ter cometido os crimes de ameaça, lesão corporal, furto e desobediência em 2016, 2018 e 2020.

O atleta foi preso por policiais federais do Núcleo de Cooperação Policial Internacional em ação conjunta à equipe da PF lotada no Aeroporto Internacional do Galeão. Antes de chegar ao Brasil no dia 31 de dezembro de 2020, Cabrera passou pelos Estados Unidos, onde teria participado de uma competição. O argentino, que trouxe os tacos de golfe para o Rio, alegou que estava na cidade para um evento esportivo e que a última vez que esteve em seu país de origem foi há seis meses.

Angel CabreraInstagram/Reprodução

Segundo latino-americano a vencer um torneio como o US Open, em 2007, quando derrotou o então campeão Tiger Woods, Cabrera coleciona troféus e escândalos em sua biografia. Além dos crimes que o levaram a fazer parte da lista da Interpol, ele responde por violência doméstica contra ex-companheiras.

O mandado de prisão formulado pelo Escritório Central Nacional da Interpol, em Brasília, foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal. Agora, Cabrera será encaminhado para o sistema prisional fluminense, em Benfica, onde aguardará o cumprimento da extradição.

Continua após a publicidade

Leia esta e muitas outras notícias na Coluna de Esportes da Revista Veja
Autor: Jana Sampaio

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.