Alunos mostram goteiras, paredes quebradas e cupins em escola no interior do Tocantins

Escola fica em um projeto de assentamento de Araguatins, no norte do Tocantins. Professor disse que os alunos pediram para filmar os problemas após sala ficar alagada durante uma chuva. Estudantes mostram situação de escola em assentamento de Araguatins
Estudantes de uma escola municipal de um assentamento de Araguatins, no norte do Tocantins, usaram a internet para denunciar a situação de abandono na unidade escola. Três alunos interromperam uma aula para descrever a situação precária e pedir providências da prefeitura. A Escola Municipal Maringá fica no projeto de assentamento Maringá, na zona rural da cidade.
Professor da escola, Clécio Orestes dos Santos, disse que os alunos estavam na aula dele quando começou a chover. Indignados, resolveram expor a situação. “Foram eles sozinhos. Me pediram para filmar e eu deixei. Tinha abado de chover e eles tiveram a ideia de filmar. Todas as vezes que chove, alaga”, explicou.
Entre os problemas mostrados pelos alunos estão goteiras, fios descascados e paredes quebradas. Com a situação das paredes há risco até de desabamento. “As paredes estão caindo e quando dá uma chuva a escola alaga toda. O ventilador não presta. O perigo está em todo lugar e os fios estão descascados”, descreveu um aluno.
Além disso, há várias goteiras no telhado e as vigotas estão sendo devoradas pelos cupins que tomam conta das paredes.
Clécio explicou que o espaço onde os alunos estão tendo aula era usado para fazer reuniões dos moradores do assentamento. Ele foi cedido. A ideia era usá-lo somente durante seis meses, mas já serve como escola há mais de 10 anos. Até agora os alunos, pais e professores esperam pela construção da escola.
O professor informou que há problemas também em outras salas e que a precariedade atrapalha o aprendizado dos estudantes. “Ficamos a mercê. Existem promessas para a construção da escola, mas nada foi feito”, explicou.
O G1 procurou o prefeito de Araguatins. Por telefone, ele falou que a escola acumula problemas de gestões passadas e que a unidade sofreu danos por causa de uma chuva forte na cidade. Disse que enviou uma equipe da prefeitura para o local e que vai providenciar reparos imediatos a partir dessa quinta-feira (15).
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Paredes desmoronando e cupim no telhado são alguns dos problemas
Arte G1

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.