Dono de bar é condenado a 12 anos de prisão por atirar no olho de cliente

Vítima foi baleada ao tentar interferir em uma briga entre o dono do bar e a família dele. Caso aconteceu em Araguaína, norte do Tocantins. Crime aconteceu em Araguaína no início deste ano
Sydney Neto/TV Anhanguera
Um empresário foi condenado a 12 anos de prisão por atirar na cabeça de um cliente em um bar de Araguaína, norte do Tocantins. O crime aconteceu em janeiro deste ano. Raimundo Rodrigues Dias foi julgado em júri popular, mas ainda pode recorrer da decisão.
O crime aconteceu em janeiro deste ano. O empresário estaria tendo uma briga com a esposa e a filha, quando Renato Alves dos Santos tentou interferir na confusão. Dias estava armado e atirou na cabeça do cliente, acertando o olho esquerdo do cliente.
Conforme consta na decisão, a bala ficou alojada próximo ao ouvido esquerdo da vítima. O homem ficou internado e sobreviveu ao disparo.
Raimundo Rodrigues Dias foi condenado a 12 anos, três meses e seis dias de reclusão por tentativa de homicídio qualificado. Além do pagamento de multa.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.