Ortopedista Marco Aurélio de Pádua Rocha morre por complicações da Covid-19


Ele estava internado em São Paulo e morreu na manhã deste domingo (22). Médico atuava no Tocantins desde 1994. O médico Marco Aurélio de Pádua Rocha morreu neste domingo
Reprodução/Facebook
O médico Marco Aurélio de Pádua Rocha morreu, aos 57 anos, na manhã deste domingo (22) em São Paulo. Ele estava internado na capital paulista após ter complicações relacionadas a contaminação pela Covid-19. O falecimento foi confirmado pelo Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM-TO), que prestou solidariedade aos familiares.
Marco Aurélio de Pádua era especialista em ortopedia e traumatologia e presidiu durante um período a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia no Tocantins e faz parte do conselho do órgão. Ele foi pioneiro nesta área no estado, sendo que atuava na região desde 1994.
Ainda não há informações sobre o enterro de Marco Aurélio. Ele era casada com Ana Paula Pedreira Rocha, que também é médica. Os dois tiveram dois filhos.
Em nota, o CRM afirmou que “a medicina tocantinense com certeza fica mais pobre, pois perdeu um profissional gabaritado e atuante”.
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) também emitiu nota de pesar, destacando que atualmente o médico estava trabalhando no Hospital Geral de Palmas e tinha um bom relacionamento com toda a equipe.
“O profissional deixa um legado de bons serviços prestados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), pelo seu rotineiro comprometimento com o bem estar dos pacientes, sendo um exemplo a todos os colegas”, diz a nota da SES.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.