Bombeiros localizam 4ª vítima de afogamento; homem entrou em rio para armar rede de pesca e sumiu


Quatro pessoas morreram ao se afogar em rios no último fim de semana, em várias partes do Tocantins. Com esses novos registros, o estado passou a contabilizar 68 óbitos por afogamento. Corpo de homem foi encontrado no rio Manoel Alves Pequeno, no município de Itacajá
Divulgação/Corpo de Bombeiros
Os Bombeiros encontraram, na madrugada desta terça-feira (10), o corpo de Celso Rocha da Silva, 43 anos, no município de Itacajá. Ele desapareceu no domingo (8) ao entrar no rio Manoel Alves Pequeno para armar uma rede de pesca.
Com isso, todas as quatro pessoas que morreram afogadas em rios do estado, no último fim de semana, foram localizadas. Os casos aconteceram em Peixe, Itacajá, Taguatinga e Xambioá.
De acordo com os Bombeiros, as buscas pelo corpo de Celso começaram na manhã desta segunda-feira (9) e entraram pela noite. Sem êxito com os mergulhos até por volta das 17h, os militares mudaram as estratégias e iniciaram as buscas em superfície com uso de embarcação.
Em alguns pontos, o rio tinha profundidade chegando a 10 metros, com visibilidade restrita e pouca correnteza. Por volta, das 3h30, desta madrugada, o corpo da vítima foi localizado e resgatado.
Outros afogamentos
Nesta segunda-feira (9), os bombeiros encontraram o corpo do jovem Wabio Francisco do Prado Teles, 28 anos, que havia desaparecido ao tentar atravessar a nado o rio Santa Tereza, no município de Peixe, sul do Tocantins.
A vítima estava a cerca de 20 metros do local onde foi vista pela última vez. Testemunhas relataram aos bombeiros que no domingo (8) Wabio havia atravessado o rio a nado. O local tem cerca de 70 metros de largura. Entretanto, ao fazer o retorno, no meio do trajeto, o rapaz começou a se afogar e desapareceu.
Pessoas que conheciam o jovem disseram que ele fazia uso de medicamentos para tratamento de epilepsia e que, antes de afogar, teria ingerido bebida alcoólica.
O outro afogamento foi registrado no sábado (7) no Rio Palmas, zona rural de Taguatinga, próximo da Praia Bela e da Ponte da Depasa. A região está a 457 quilômetros de Palmas. Os mergulhadores da 2ª Companhia/3º Batalhão foram chamados após relatos de que Romilson Bispo de Deus, 30 anos, desapareceu quando tentou atravessar o rio a nado.
Testemunhas informaram que o rio estava cheio e a vítima transportava uma mochila nas costas. O corpo foi encontrado a aproximadamente 100 metros abaixo do local onde desapareceu, a cinco metros da margem e a um metro de profundidade.
Houve também um caso registrado em Xambioá, no norte do Tocantins. Não há muitas informações, mas os bombeiros informaram que o afogamento ocorreu em um rio na zona rural durante o final de semana. O corpo foi localizado e levado para São Geraldo (PA), onde a vítima vivia.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.