Parentes de detentos podem agendar visita à CPP de Palmas pela internet; saiba como


Visitas nos outros presídios do estado devem ser marcadas por telefone. CPP – Casa de Prisão Provisória de Palmas
Reprodução/TV Anhanguera
Os parentes de presos que cumprem pena na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas agora podem agendar visitas presenciais através da internet. Por causa da pandemia do novo coronavírus, os detentos ficaram quase oito meses sem receber visitas, mas o Governo anunciou o retorno gradativo em todos os presídios. Algumas regras devem ser seguidas para evitar o contágio da Covid-19. Veja abaixo e saiba como agendar.
De acordo com a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), através de uma plataforma virtual os familiares dos presos podem fazer o cadastro e agendamento sem sair de casa. A página já está disponível e pode ser acessada aqui.
A novidade vale somente para quem for fazer visita à CPP de Palmas, unidade que apresenta a maior número de presos. Nas outras unidades penais do estado, as visitas presenciais serão feitas após agendamento prévio realizado por telefone. Veja aqui os contatos.
Como acessar
Ao clicar no link, o familiar do detendo precisa preencher os campos com as informações solicitadas. Os agendamentos devem ser feitos sempre até às 23h59 das terças-feiras. No dia seguinte as equipes da Unidade Penal farão a confirmação das solicitações de acordo com os dados enviados.
Para os familiares que não têm acesso a internet, os agendamentos poderão ser feitos pelo telefone (63) 3214-2427. O contato será com a equipe do Serviço Social da CPP de Palmas.
A Seciju informou que os familiares que estão com a carteira de visitante vencidas podem realizar o agendamento e, no dia da visita presencial, devem apresentar um documento de identificação. O mesmo vale para quem vai visitar quem foi preso durante a pandemia.
Regras para visitas presenciais
As visitas presenciais na CPP de Palmas acontecerão de quinta-feira a domingo de 08h30 até 14h. Cada preso terá direito a receber a visita de um familiar (pai, mãe, esposa ou filho maior de 18 anos) com duração de 15 minutos. O visitante não pode integrar o grupo de risco.
O uso de máscara será obrigatório durante a permanência na unidade e os visitantes passarão por triagem antes de entrar. Será feita a limpeza e higienização das mãos e conferência de temperatura corporal. Durante a visita será estabelecido o distanciamento de 1,5 metro sem contato físico entre o preso e o familiar.
As videochamadas agendadas entre presos e parentes também vão continuar acontecendo. Já as visitas íntimas e entrega de objetos ou alimentos aos presos continuam suspensas em todas as unidades do Estado.
O Governo afirma que os detentos recebem alimentação balanceada cinco vezes ao dia, além da assistência à saúde.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.