Polícia Civil usa exame de DNA para identificar suspeito de estupro e roubo em Araguaína


Crime ocorreu no mês de março de 2020. Vestígios deixados pelo suspeito na vítima de estupro foram analisados em laboratório. A Polícia Civil do Tocantins conseguiu resolver uma investigação de estupro e roubo a partir da identificação de exame de DNA encontrado na cena do crime. O caso foi apurado pela Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) de Araguaína, com apoio do Laboratório de Genética Forense da Polícia Científica. Suspeito foi preso no Piauí e responde a uma dezena de outros processos por vários crimes.
Conforme a polícia, crime ocorreu no mês de março de 2020. Um casal estava dentro de um carro no Bairro JK, durante a noite, quando foi abordado por um criminoso armado. Os dois foram amarrados e roubados. A mulher também foi violentada sexualmente pelo suspeito.
Durante a investigação, a perícia conseguiu coletar vestígios de material genético do suspeito e os peritos puderam identificar quem foi o criminoso que atacou as vítimas.
“Se tratou de investigação complexa que culminou na prisão preventiva do autor do crime, bem como do partícipe, um indivíduo que emprestou ao autor a arma utilizada no crime e a motocicleta com a qual se aproximou e fugiu após o ato”, explicou o delegado Breno Eduardo Campos Alves.
O autor do crime foi preso no Piauí. De acordo com a polícia, ele responde a mais de uma dezena de processos por crimes de estupros, roubo e homicídios nos estados do Pará, Tocantins, Piauí e Maranhão. Um suspeito de participação foi preso no Pará.
De acordo com a Polícia Civil, esse foi o primeiro caso de estupro e roubo que foi desvendado por meio de investigação genética de vestígio coletado na cena do crime.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.