Homem é condenado a quase 14 anos de prisão por matar mulher após discussão em bar


De acordo com a acusação, Leomar Oliveira Nascimento esfaqueou Silvane Lopes Mouzinho pelas costas. Ele também responde a outros crimes no Maranhão. Crime foi em Araguaína
Reprodução/TV Anhanguera
Terminou nesta terça-feira (27) o julgamento de Leomar Oliveira Nascimento, em Araguaína. Ele foi condenado pela morte de Silvane Lopes Mouzinho após uma discussão dentro de um bar em março de 2019. A acusação é de que Leomar Oliveira primeiro saiu do estabelecimento após a discussão, depois voltou com uma faca e atacou Silvane pelas costas.
A pena é de 13 anos, 10 meses e sete dias de prisão. Ele ainda pode recorrer da sentença, mas vai continuar preso porque também responde a outros crimes no estado do Maranhão.
O G1 não conseguiu contato com a defesa de Leomar Oliveira Nascimento.
Os jurados entenderam que o réu tinha intenção de matar e que cometeu o homicídio mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. O promotor de Justiça do caso é Pedro Jainer Clarindo.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.