Casal que vivia com os 10 filhos em barracão improvisado ganha casa construída por voluntários; fotos


Construção foi possível graças a uma gincana promovida por uma escola em Palmas. Família vivia em local sem estrutura, usava banheiro de lona e se dividia em três camas. Família que morava em barracão ganha casa construída na região de Taquaruçu Grande
Um barracão improvisado, sem estrutura e com banheiro de lona. Era assim que vivia o casal Joaquim Pereira e Maria do Carmo, juntamente com os 10 filhos, na zona rural do distrito de Taquaruçu Grande, em Palmas. A realidade da família mudou nesta quarta-feira (21). Eles ganharam uma casa nova construída por voluntários.
No barracão, a família tinha que se dividir em três colchões para dormir. A cozinha ficava do lado de fora, com fogão a lenha, uma mesa e alguns utensílios. Em muitas vezes, eles não tinham o que comer. Quando chovia, a água invadia o local.
“Molhava tudo, embaixo, dava na canela a água. Nós passávamos a noite no cantinho com as crianças”, relembrou Maria do Carmo.
Barracão onde família morava e nova casa construída por voluntários
Reprodução/TV Anhnguera
Mas, o sonho de viver com qualidade de vida foi realizado graças a uma gincana realizada entre os alunos de uma escola particular da capital. A direção do colégio, os pais e outros voluntários fizeram doações e ajudaram na construção de um novo lar.
A entrega foi realizada nesta quarta-feira (21). Joaquim e Maria passaram o dia no salão e se surpreenderam quando chegaram na nova casa, juntamente com os filhos.
“Eu não tenho como explicar porque é bom demais. Só Deus para justificar”, disse o lavrador.
“Todas as pessoas que doaram tijolos, dinheiro, eu agradeço. Todos eles, eu não conheço, mas eu boto nas mãos de Deus”, celebrou dona Maria.
Família inaugura casa construída por voluntários em Taquaruçu Grande
Reprodução/ TV Anhanguera
A casa nova tem seis cômodos, dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Ela foi construída a partir de mutirões, principalmente aos domingos. A obra durou três meses. Tudo foi feito através de doações e trabalho voluntário.
A voluntária Ediane Maria de Almeida acompanhou desde o início e também se emocionou ao ver tudo pronto.
“Foram muitas horas de trabalho, muita dedicação, muitos dias, doações, muitas pessoas ajudando. É muito emocionante esse momento que estamos vivenciando. Um momento difícil de pandemia, onde a solidariedade das pessoas está aflorada, o ser humano fez a diferença, com a união e solidariedade”.
Além da casa, a família ganhou toda a mobília e cestas básicas. “Aqui são muitas crianças carentes, um casal de idosos, valeu muito a pena. Eles colocaram a mão na massa também e nos ajudaram em muitos momentos. A gente fez uma amizade muito bonita, muito legal e nós não vamos parar por aqui”, disse o diretor da escola, Joel dos Santos.
O objetivo agora é realizar outros sonhos da família. “Nós temos 26 anos de convivência e nós não somos casados. Nunca casei na minha vida e nem ele. O professor falou que era para nós casarmos e estamos esperando por ele”, disse Maria, ansiosa.
O diretor garantiu que o casamento finalmente vai sair.
“Vamos fazer o casamento deles daqui dois meses porque descobrimos que eles não são casados. O grande sonho da dona Maria é justamente casar e o senhor Joaquim aceitou. Nós vamos continuar abraçando essa família carente. Nós não conseguimos resolver os problemas de todos os moradores dessa região, mas com certeza, fizemos uma diferença no mundo do senhor Joaquim e da dona Maria e dos seus filhos”, finalizou o diretor.
Família com 12 pessoas morava em barracão no distrito de Taquaruçu Grande em Palmas
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.