Suspeitos morrem durante operação da PF contra tráfico de drogas

A Polícia Federal realizou uma operação contra um grupo suspeito de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro na manhã desta terça-feira (6). Houve confronto durante a ação, e dois investigados vieram a óbito.

A corporação confirmou as mortes, mas ainda não identificou as vítimas.

De acordo com a PF, o grupo tem membros em vários estados brasileiros e também no exterior. A base para as atividades ilícitas era o Aeroporto Internacional de Viracopos, em São Paulo.

As investigações começaram em fevereiro de 2019, com a apreensão de 58 quilos de cocaína na área restrita de segurança do aeroporto. A droga teria como destino a Europa. A partir daí, identificou-se as lideranças do grupo e o processo usado para a exportação dos entorpecentes.

Empregados e ex-empregados que trabalhavam na área restrita de segurança do aeroporto eram os responsáveis pelo esquema de embarque das drogas nas aeronaves com destino ao exterior. Isso inclui vigilantes, operadores de tratores, coordenadores de tráfego, motoristas de viaturas, auxiliares de rampa, operadores de equipamentos e funcionários de empresas fornecedoras de refeições a tripulantes e passageiros. Um policial militar e um civil também participavam do esquema criminoso.

A todo, são cumpridos 35 mandados de prisão temporária e 44 de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Amazonas e Rio Grande do Norte. Foram sequestrados e bloqueados imóveis, veículos, contas bancárias e empresas que pertencem ao grupo. Durante as buscas, foram apreendidos 250 kg de cocaína.

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.