Restrições nos presídios são prorrogadas até outubro; 17 unidades poderão receber novos presos


Operação Lockdown, como é chamada pelo Estado, entrou na 8ª fase e segue até o dia 20 de outubro. CPP de Palmas é uma das unidades que podem receber novos presos
Edson Reis/G1
As restrições nos presídios foram prorrogadas mais uma vez pela Secretaria de Cidadania e Justiça. Com isso, a operação Lockdown entra na 8ª fase. Essa etapa segue até o dia 20 de outubro. Neste período, apenas 17 estabelecimentos penais podem receber novos presos. O objetivo é evitar a disseminação Covid-19 entre servidores e detentos.
Essa fase da operação começou neste sábado (19) e segue até o dia 20 de outubro. O superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Orleanes de Sousa Alves, explicou que nesta etapa a Unidade Prisional de Porto Nacional será fechada para recebimento de novos presos.
Já as Unidades Penais de Talismã e Arraias serão reabertas, uma vez que elas estão com o ciclo da Covid-19 encerrado. “Todas as ações estão sendo feitas de forma responsável garantindo a segurança e o direito a saúde dos servidores e dos custodiados”, disse ele.
Veja as unidades que poderão receber novos detentos
Unidade Penal de Araguatins Unidade Regional
Unidade Penal de Tocantinópolis
Casa de Prisão Provisória de Araguaína
Unidade Penal Feminna de Babaçulândia
Unidade Penal de Guaraí Unidade Regional
Unidade Penal de Colinas
Unidade Penal Feminina de Pedro Afonso
Casa de Prisão Provisória de Paraíso Unidade Regional
Unidade Penal de Araguacema
Casa de Prisão Provisória de Palmas Unidade Regional
Casa de Prisão Provisória de Miracema
Unidade Penal Feminina de Lajeado
Unidade Penal Feminina de Palmas
Casa de Prisão Provisória de Gurupi
Unidade Penal Feminina de Talismã
Casa de Prisão Provisória de Dianópolis
Unidade Penal de Arraias
Apesar dos esforços para prevenir o contágio da população carcerária, surtos foram registrados em vários presídios. Na CPP de Palmas, 41 presos tiveram diagnóstico positivo. Também houve casos em Gurupi, Guaraí, Araguaína, Araguatins e Augustinópolis, que registrou 70 infectados de uma única vez.
A secretaria afirma que a Operação Lockdown também integra uma série de outras medidas: suspensão de visitas às unidades; destinação de celas de isolamento para os novos presos; protocolos de limpeza e higienização do ambiente; uso obrigatório de máscara dentro das unidades; triagem com resposta a questionário e aferição de temperatura de servidores, prestadores de serviços e representantes do judiciário que pretendam adentrar nas unidades prisionais e ainda foi estipulado o contato mínimo entre agentes e reeducandos.
Também foram criadas duas Centrais de Isolamento de Detentos para com Sintomas da Covid-19 (leitos de enfermaria). Uma fica na Casa de Prisão Provisória de Palmas e a outra na Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota, em Araguaína.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.