TJRJ nega reabertura das escolas particulares no Rio de Janeiro

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) negou hoje (17) o pedido da prefeitura da capital para a reabertura das escolas particulares. O presidente do TJ, desembargador Claudio de Mello, em sua decisão, alegou não ter “motivo para decidir a questão neste momento, enquanto se encontra pendente de decisão a questão pela Suprema Corte”.

Em sua decisão, o desembargador afirmou que a suspensão de segurança, pedido pelo município Rio “é um canhão de cem toneladas que exige, para ser usado, um mecanismo complicado, para atirar uma quantidade considerável de pólvora, e para ser ajustado, um grande alvo para pontaria. Dito de outra forma: deve ser utilizado como a bala de prata”.

Leia também:

Justiça do Rio reforça suspensão de aulas na rede privada da capital

Justiça cassa liminar e aulas no Rio podem retornar nesta segunda

Justiça nega pedido contra reabertura das escolas particulares no Rio

Especialistas da UFRJ desaconselham volta às aulas no Rio

Leia matéria na ìntegra na Agência Brasil – EBC
Autor: Douglas Correa – Repórter da Agência Brasil

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.