Maria Zilda rebate críticas por fumar demais em lives e diz: “quero morrere em festa regada a champanhe

Maria Zilda recebeu críticas por fumar muito em lives. Em um papo com Fábio Porchat a atriz resolveu falar sobre seu cigarro. “As pessoas reclamam muito que eu fumo. Amo meu cigarro. Em meio a uma pandemia, em que não se pode namorar, abraçar os amigos, não posso ver neto, não vou poder fumar um cigarrinho? Vai torturar sua avó. Vou fumar meu cigarro de palha. Fumo cinco cigarros por dia”, disse Maria Zilda, arrancando risadas de Fábio Porchat.

 

“Eu vou morrer dormindo. Ou melhor, quero morrer numa festa, regada a champanhe”, divertiu-se Maria Zilda.

O humorista aproveitou a deixa para saber o que a atriz quer ter registrada em sua lápide. A pergunta é comum no programa “Que história é essa, Porchat?”, do GNT.

“Quando sou boa, sou boa. Quando sou má, sou melhor ainda”, respondeu a carioca.

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.