Ricardo Barros repudia operação

Alvo de operação do Ministério Público e da Polícia Civil, o líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP), se manifestou sobre a ação.

Em nota, advogados do deputado federal relembrou que é relator da Lei de Abuso de Autoridade e disse repudiar o que chamou de “ativismo político do judiciário”. “O parlamentar reafirma a sua conduta ilibada”, diz a defesa.

O texto explica que a defesa ainda não teve acesso aos autos do processo e que solicitou para que Barros possa “prestar mais esclarecimentos à sociedade e iniciar sua defesa”.

Operação

A operação, realizada pelo do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP e pela Polícia Civil, investiga fraudes na contratação de energia elétrica em 2019. O escritório de Barros fica em Maringá-PR. Também há um mandado de busca a ser cumprido em São Paulo.

Ricardo Barros é líder de governo desde o mês passado, quando assumiu o posto do major Vitor Hugo (PSL-GO).

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.