Governo quer internar pacientes com coronavírus dentro da obra de hospital no sul do Tocantins


Gestão afirma que haverá entradas separadas e que operários da construção não terão contato com as pessoas infectadas. Hospital Geral de Gurupi começou a ser feito em 2013 e ainda não teve nem a primeira etapa concluída. Carlesse visita obra no Hospital Geral de Gurupi e se pronuncia sobre a Covid-19
O governador do Tocantins, Mauro Carlesse (DEM) confirmou nesta quarta-feira (9) que parte da obra do Hospital Geral de Gurupi, no sul do estado, será usada para internar pacientes com o novo coronavírus. O HGG está em construção desde 2013 e ainda não teve nenhuma etapa inaugurada. Agora, o governo pretende usar partes do pronto-socorro e do ambulatório da unidade, que estariam concluídas, para os atendimentos da pandemia.
“Aqui tem uma previsão de até novembro, entregar a obra total. Até novembro ou dezembro entregar a obra total. Mas nós estamos aqui para antecipar uma parte desta obra que está praticamente pronta, dentro de uns dias deve ter a conclusão, com a necessidade dos leitos clínicos que nós estamos precisando dentro de Gurupi. Resolvemos que vamos pegar uma parte do hospital que está praticamente pronta e já entregar à população. Já entregar 25 ou 30 leitos, não sei, o que for mais rápido. Entregar esses leitos para o coronavírus”.
Pacientes vão ser internados antes da obra estar pronta em Gurupi
Reprodução/TV Anhanguera
A declaração foi dada pelo governador durante uma visita as obras da unidade nesta quarta. O secretário de saúde do Tocantins, Edgar Tollini, que acompanhou a inspeção, afirmou que não haverá risco de contaminação dos operários que trabalham para finalizar outras etapas da obra.
“Essa área de pronto-socorro e ambulatório servirá agora para os leitos Covid. E vale ressaltar que nós estamos agora com mais de 100 funcionários nesta obra que vão estar totalmente seguros e isolados. A própria entrada é separada e algumas adequações vão ser feitas. Ali vocês já viram gazes medicinais. Então isso é muito importante”, disse ele. A previsão é que os leitos comecem a funcionar em 30 dias.
Não foi detalhado o que será feito para evitar que a poeira da obra, por exemplo, afete o atendimento a pacientes que estão com dificuldades para respirar.
UTIs no regional
O governador também foi questionado sobre os 10 novos leitos de UTI prometidos para o Hospital Regional de Gurupi, que atualmente é a unidade de referência na cidade. Os equipamentos tinham previsão de entrega no dia 30 de agosto e ainda não chegaram. A nova promessa é para a próxima segunda-feira (14). Existe uma decisão judicial que obriga o governo a fazer a instalação.
“Nós estamos ampliando. Ele vai ampliar mais 10 leitos de UTI. Agora, é tudo adaptação. Você está fazendo no dia a dia, correria. Desmonta parede, monta parede, mas assim, a população hoje, ela tá dentro de um equilíbrio. Nós estamos atendendo o coronavírus na sua totalidade. O que precisa, a população ter esse compromisso. Tem que se cuidar. O governo está fazendo a parte dele”, disse Carlesse.
Obra do HGG
As obras do Hospital Geral de Gurupi começaram a sete anos e estavam previstas para terminar em 2016. Apenas na primeira fase, os investimentos de mais de R$ 30 milhões. Quando ficar pronto, o prédio deve contar com 200 leitos de internação, UTIs adultas e pediátricas e salas de cirurgias. O HGG deverá atender 27 municípios das regiões sul e sudeste.
As obras foram paralisadas em várias ocasiões por problemas no projeto. Em 2016 a Caixa deixou de repassar os recursos para pagar a empreiteira e tudo foi suspenso. Os trabalhos só foram retomados mais de dois anos depois.
Governador Mauro Carlesse fala sobre o andamento da obra no HRG
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.