Fiscalização apreende 65 kg de peixes e 17 tartarugas no Parque Estadual do Cantão


As tartarugas tinham sido colocadas dentro de sacos plásticos. Operação resultou em R$ 88,5 mil aplicados em multas. Tartarugas da Amazônia foram apreendidas no Parque Estadual do Cantão
Divulgação/Naturatins
Uma fiscalização realizada no Parque Estadual do Cantão apreendeu 65 quilos de peixes e 17 tartarugas da Amazônia, além de redes e caixas de isopor. A operação ocorreu entre os dias 5 e 8 de setembro e resultou em R$ 88,5 mil aplicados em multas pela prática da pesca predatória.
A ação foi feita pela equipe do Parque do Cantão em parceria com o destacamento da Polícia Militar Ambiental de Caseara. Durante quatro dias, eles fizeram patrulhamento aquático e terrestre nos rios Araguaia e Coco, lagos da Cabana e Paredão, Projeto de Assentamento Onalício Barros, em Marianópolis e ponte sobre o rio Coco (Pium).
Durante a ação no rio Araguaia, a equipe flagrou dois homens durante uma pesca predatória. Eles não tinham licença para exercerem a atividade. No acampamento, foram apreendidos 17 tartarugas da Amazônia, que estavam presas em um saco; uma caixa de isopor com 35 quilos de pescado de várias espécies e 480 metros de redes de pesca. Os dois foram autuados por crimes ambientais. A multa aplicada pela captura dos quelônios foi de R$ 85 mil e R$ 1,9 mil pela pesca ilegal.
Peixes foram apreendidos durante fiscalização no Cantão
Divulgação/Naturatins
Já no rio Coco, ao vistoriar acampamentos, a equipe encontrou duas caixas de isopor com 30 quilos de pescado de diversas espécies e 100 metros de rede. Neste caso, a multa aplicada foi no valor de R$ 1,6 mil.
Os 65 quilos de peixes foram doados para moradores de comunidades carentes dos municípios de Caseara e Marianópolis.
O gerente do Parque Estadual do Cantão, Adailton Glória, informou que esses patrulhamentos são rotineiros e têm o objetivo de reduzir os crimes ambientais praticados no interior do parque. “Todos os dias as equipes fazem patrulhamento em diversos pontos dos rios e lagos do Cantão, como forma de evitar crimes ambientais”, disse.
Peixes apreendidos foram doados para famílias carentes
Reprodução/TV Anhanguera
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.