Orca que carregou filhote morto por 17 dias vira mãe outra vez

Após comover o mundo todo há dois anos, ao carregar o filhote morte por 17 dias, a orca Tahlequah virou mãe outra vez.

Os cientistas estimam que o parto teria ocorrido na sexta-feira (4). O sexo do filhote ainda não foi revelado. De acordo com o Centro de Pesquisa de Baleias do estado de Washington, no oeste dos Estados Unidos, o filhote tem nadado “vigorosamente ao lado de sua mãe em seu segundo dia de natação livre.”

Tahlequah foi nomeada como “J35” pelos pesquisadores. Já o filhote será identificado pelos cientistas como “J57”. A orca mãe aparentava estar muito evasiva. Isso ocorre, segundo os pesquisadores, devido ao estresse nutricional causado pela taxa de 40% de mortalidade entre os filhotes.

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.