“Bolsonaro não era ninguém. Ele bateu na minha porta pedindo ajuda”, diz Joice

Joice e Bolsonaro

A deputada federal Joice Hasselmann, em entrevista à Band falou sobre seus planos para a prefeitura da capital e sobre o rompimento com o governo Bolsonaro, que ela classificou como uma saída “muito pesada”.

A pré-candidata, que hoje tem baixas intenções de voto em São Paulo, afirmou não se arrepender de ter apoiado o presidente no passado, pois na época “estava na luta para tirar o PT do poder”. “Quando comecei a apoiar o presidente ele não era ninguém. Tinha 3% de apoio. Ele bateu na minha porta pedindo ajuda. Eu não entrei na onda Bolsonaro, nós criamos essa onda juntos, mas o presidente acabou rompendo com bandeiras como o combate contra a corrupção”, afirma Hasselmann.

Joice culpa relação com os filhos de Bolsonaro pelo rompimento na relação “Eu quero que o governo dê certo, só queria que o presidente desse férias, até o final do mandato, para os três filhos para que o país possa andar melhor”, completou.

Ela afirma, que além dela, outros ex-apoiadores de Bolsonaro que se elegeram com a “onda Bolsonaro” se afastaram do governo “porque o presidente acabou rompendo com algumas bandeiras, em especial, a de combate à corrupção e de proteção a Lava-Jato.

O post “Bolsonaro não era ninguém. Ele bateu na minha porta pedindo ajuda”, diz Joice apareceu primeiro em República de Curitiba.

Leia esse post na integra no Blog República de Curitiba
Autor: Blog República de Curitiba

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.