Bebê morre antes de chegar ao hospital; equipe médica atesta sinais de abuso e espancamento

Um bebê de um ano e cinco meses morreu, na manhã deste domingo (18). A equipe médica de plantão que atendeu a criança atestou que a vítima chegou à unidade hospitalar em óbito e apresentava sinais de maus-tratos. O pai, um ajudante de pedreiro de 28 anos, foi detido para prestar depoimento, mas ainda não foi divulgado se ele foi preso.

De acordo com a apuração realizada pela TV Globo, a criança residia com a avó e o tio, que, junto com o pai da vítima, levaram a criança ao hospital. No entanto, a criança morreu antes de chegar até a unidade. A avó afirma que o pai do bebê foi dar banho nele e, ao retorna, a criança estava inconsciente. A Guarda foi até a residência e encontrou marcas de sangue e fezes no banheiro. O caso ocorreu na  favela do Pantanal, no bairro Monte Líbano, em Piracicaba-SP.

O pai foi localizado pelas autoridades locais e encaminhado para a delegacia. Em depoimento, o homem alegou que o filho havia caído durante o banho. O sepultamento de João Paulo Ferreira da Silva será às 10h desta segunda-feira, no Cemitério da Vila Rezende, em Piracicaba.

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.