Suspeito de roubar carro e sequestrar mulheres se entrega à polícia após cerco em região de chácaras


Crimes foram em chácara próxima da TO-010, entre Palmas e Lajeado. Barreira foi feita na rodovia e buscas contaram com apoio do helicóptero da segurança pública. Barreira foi feita pela PM na TO-010
Jéssica Iane/Divulgação
Um homem de 31 anos foi preso pela Polícia Militar suspeito de roubar um carro e manter duas mulheres como reféns desde a manhã de segunda-feira (24). O homem se entregou à polícia no começo da noite desta terça-feira (25). As vítimas foram encontradas e passam bem.
A prisão ocorreu após a polícia passar toda a terça-feira fazendo buscas e barreiras na região da TO-010, entre Palmas e Lajeado. A PM informou que o suspeito é muito perigoso e responde há outros crimes de roubo e sequestro no estado do Pará. O homem também possui um mandado de prisão em aberto por estupro no Tocantins.
As buscas pelo criminoso começaram após a informação de que duas mulheres tinham sido sequestradas em uma região de chácaras entre Palmas e Lajeado. Uma das vítimas havia conseguido fugir ao longo da ocorrência.
A Polícia Militar informou que mais de 70 policiais do Batalhão de Choque, Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e Força Tática participaram da operação.
Entenda
A operação de buscas começou após uma equipe da PM ser chamada até o km 31 da rodovia TO-010, por volta das 18h30, da segunda-feira (24). Um homem contou à polícia que na manhã do mesmo dia o criminoso teria invadido a propriedade onde ele trabalha como caseiro e vive com a esposa.
O suspeito teriam chegado com uma mulher de refém e logo depois rendeu o caseiro e a mulher dele. Ainda não está claro se ele agiu sozinho. Ainda segundo a polícia, o caseiro disse que conseguiu se soltar e escapou. Depois viu o criminoso fugindo com um carro e as mulheres.
Após a prisão o suspeito foi levado para sede da Delegacia de Plantão da Polícia Civil, no centro de Palmas. Ele deve prestar depoimento e passar por exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal antes de ser levado para a Casa de Prisão de Provisória da capital.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Leia matéria na íntegra no Portal G1 Tocantins

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.