Segundo a ANA, DF não registrou seca em julho

A ferramenta chamada Monitor de Secas, da Agência Nacional de Águas (ANA), mostra que o Distrito Federal não sofreu com a seca no mês de julho. Apesar de ser um período de estiagem na capital, junho e julho passaram sem seca.

O DF foi a única das 16 unidades da federação monitoradas que não apresentou o clima seco. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) apoia a ANA na aferição.

De acordo com técnicos da ANA, o Monitor indica uma seca relativa: as categorias de seca em uma determinada área são estabelecidas em relação ao próprio histórico da região ou a ausência do fenômeno.

A ANA estabelece que o Monitor de Secas é um processo de acompanhamento regular e sistemático da situação no país, com classificação do grau de severidade e impactos associados ao fenômeno em escala regional, além de sua evolução com o passar do tempo.

Os índices de seca têm relação direta com os níveis dos reservatórios do Distrito Federal: quanto mais amena é a estiagem, mais altos tendem a ficar os níveis dos reservatórios que abastecem a capital. Nesta terça-feira (25), o Descoberto estava com 92,7% de seu volume útil e Santa Maria com 97,4%. Os dois reservatórios são responsáveis pelo abastecimento de água para quase 80% da população do DF.

Sem descuido

Mesmo com tantas notícias positivas, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) ressalta que a população não pode se descuidar e desperdiçar este bem. O volume de água usado por morador impacta diretamente no abastecimento à população.

A companhia preparou dicas para o uso racional da água. Confira no link

Com informações da Agência Brasília

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.