Em protesto contra o racismo, Bucks boicotam jogo dos playoffs da NBA

Os jogadores do Milwaukee Bucks boicotaram o jogo contra o Orlando Magic, nesta quarta-feira 26, pelos playoffs da NBA, em protesto contra a violência policial contra negros nos Estados Unidos. A decisão, às vésperas da partida número cinco da série, foi tomada após o americano Jacob Blake, um homem negro de 29 anos, receber sete tiros de policiais na frente de seus filhos no último domingo, na cidade de Kenosha, no estado de Wisconsin.

Segundo o jornalista americano Adrian Wojnarowski, os jogadores do Magic queriam jogar e participaram do aquecimento em quadra, mas a decisão do boicote veio dos adversários. Os Bucks são de Milwaukee, cidade próxima de Kenosha, em Wisconsin, e se sentiram responsáveis por tomar a decisão de não jogar.

Desde o caso de Blake, que sobreviveu mas está com paralisia, os jogadores evitaram falar sobre os jogos e alguns se mostraram perturbados com a situação. Os atletas do Boston Celtics e do Toronto Raptors, que se enfrentam na semifinal da conferência leste, já ameaçavam boicotar o jogo da próxima quinta-feira, mas para hoje não havia suspeitas de que os jogos pudessem ser suspensos.

A decisão de continuar a temporada da NBA no complexo da Disney, em Orlando, não agradou a todos os jogadores, que estavam preocupados com os protestos, mas eles foram convencidos por Chris Paul, armador do Oklahoma City Thunder e presidente da Associação de Jogadores. O argumento era de que eles poderiam lutar contra a violência policial usando a visibilidade dentro de quadra. Desde a retomada, jogadores e franquias protestam de diversas formas, ajoelhando, escrevendo mensagens nos tênis e usando as redes sociais, mas o caso de Blake pode forçar uma nova paralisação da liga.

Continua após a publicidade

(Mais informações em instantes)

Leia esta e muitas outras notícias na Coluna de Esportes da Revista Veja
Autor: Danilo Monteiro

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.