Osnei Okumoto assume interinamente a Secretaria de Saúde

Após o atual secretário de Saúde, Francisco Araújo, ser preso preventivamente em operação que investiga fraudes na compra de testes de covid-19, o GDF optou por nomear Osnei Okumoto de forma interna na pasta.

Osnei volta à Secretaria cinco meses depois de ser substituído pelo próprio Francisco. Ele reassume a pasta um dia após o DF atingir a marca de 150 mil contaminados pelo novo coronavírus do DF. Destes, 2.316 perderam a vida.

O novo secretário não havia se pronunciado até a última atualização desta matéria.

Operação

Na manhã desta terça-feira (25), o secretário Francisco Araújo e outros cinco membros da saúde do DF foram presos preventivamente. Todos são investigados pelo MPDFT em operação que apura fraudes na compra de testes de detecção do novo coronavírus.

Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Procuradoria-Geral de Justiça do MPDFT, alguns servidores estariam se organizando para fraudar licitações e comprar testes IgG/IgM de baixa qualidade e com preços superfaturados.

As pessoas presas nesta terça (25) são:

Eduardo Hage, subsecretário de Vigilância à Saúde;

Eduardo Seara Machado Pojo do Rego, secretário-adjunto de Gestão em Saúde;

Ramon Santana Lopes Azevedo, assessor especial da Secretaria de Saúde;

Ricardo Tavares, ex-secretário-adjunto de Assistência à Saúde;

Jorge Antonio Chamon Junior, diretor do Lacen.

Agentes cumprem outros 44 mandados de prisão, expedidos pelo desembargador Humberto Uchoa, em oito estados brasileiros: Goiás, Mato Grosso, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia.

“Desnecessária”

O governador Ibaneis Rocha se manifestou a respeito, criticando o MPDFT pela operação, que considerou “desnecessária”. Ibaneis afirmou que o secretário e a equipe dele “sempre estiveram à disposição das autoridades para esclarecer quaisquer fatos” e que os alvos da operação estão sendo “indevidamente acusados”.

O chefe do Executivo afastou preventivamente os acusados de fraudes na compra dos testes. “Aguardo rápida apuração e o esclarecimento dos fatos para que pessoas inocentes não tenham seus nomes indevidamente manchados”, concluiu o governador.

Leia matéria na íntegra no Site Portal de Brasília

reporter1

Repórter 1 é um agregador de notícias, um robô que captura automaticamente posts em sites, blogs e grandes portais, economizando seu tempo. Aqui você encontra o caminho mais curto para informações e opiniões relevantes que estão na internet.